Representações de trabalho: um estudo na perspectiva dos alunos da educação da educação de jovens e adultos

Autor(es): Sandra Olegário dos Santos Silva


Resumo: Este trabalho pretende realizar uma abordagem sobre as representações de trabalho na perspectiva dos próprios educandos da Educação de jovens e adultos, considerando as situações de opressão, qualificação, desqualificação do trabalho e sua precarização que influencia fortemente a formação das identidades trabalhistas. Sendo assim, jovens e adultos buscam cada um a seu modo melhores condições de vida por meio do trabalho e da educação. O desejo destes sujeitos de se aperfeiçoar, de ser mais os leva às salas de aula. Portanto, o trabalho pode ser a causa da evasão escolar e posteriormente ser o motivador do retorno desses alunos para a Educação de Jovens e adultos, já que o trabalho transforma o homem enquanto também é transformado. Proponho ainda uma reflexão de educadores e educandos sobre a formação humana do sujeito que é fundamental e será o alicerce para então qualificá-lo para o mundo do trabalho com uma sólida educação geral que sustentará os conhecimentos das mais novas tecnologias em atividades laborais. Coexiste dentro de cada individuo a expectativa de que o trabalho possa suprir as necessidades básicas e também ser uma fonte de prazer e de realização, neste momento ele deixa de ser um sacrifício e passa a ter um caráter de satisfação, realização e de dignificação humana.


Palavras-Chave: Educação, Trabalho, Educação de jovens e adultos


Descrição: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como exigência parcial para o Curso de Especialização em Educação de Jovens e Adultos da Faculdade de Educação- UNICAMP sob orientação do (a) Prof.(a) Dr(a). Silmara de Campos


Informação:

CDD - 374
Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação
Este documento encontra-se depositado na Biblioteca-FE, apenas no formato digital.