Seis teses histórico-críticas sobre o currículo escolar e o problema da especificidade da educação infantil

Autor(es): Juliana Campregher Pasqualini


Resumo: Resumo: A pedagogia histórico-crítica abraça e difunde a luta contra a seletividade, a discriminação e o rebaixamento do ensino dirigido às camadas populares (SAVIANI, 1987). Trata-se de uma teoria pedagógica que se pretende articulada aos interesses da classe explorada da sociedade, engajada no esforço de garantir a seus filhos um ensino da melhor qualidade possível nas condições históricas vigentes e em contribuir para a superação da sociedade sustentada pela exploração, dominação e opressão das pessoas, isto é, da sociedade de classes. Essa pedagogia toma como ponto de partida o reconhecimento da escola como instituição inserida no sistema produtivo regido pelo imperativo de reprodução ampliada do capital e atravessada por suas contradições, e nesse contexto compreende que a tarefa fundamental da educação escolar que se articula aos interesses dos explorados é a transmissão-assimilação do conhecimento metódico e teórico sobre a realidade historicamente acumulado


Palavras-Chave: Pedagogia histórico-crítica, Educação infantil


Informação:

Idioma: Português
Data de Publicação: 2018
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Dermeval Saviani
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação
Nível: Tese (pós
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Educação