Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [Principal]: A educação jesuitica no Brasil colonial e a pedagogia de Anchieta : catequese e dominação
Título [Outro Idioma]: The jesuit education in Brazil colonial and the pedagogy of Anchieta : catechesis and domination
Autor(es): Patricia Carmello Nolasco
Palavras-chave [PT]:

Catequese , Jesuitas - Educação , Educação - Brasil - Historia
Palavras-chave [EN]:
Catechesis , Jesuit education , Education,
Área de concentração: Historia, Filosofia e Educação
Titulação: Mestre em Educação
Banca:
Sergio Eduardo Montes Castanho [Orientador]
Amarilio Ferreira Junior
Jose Claudinei Lombardi
Mara Regina Martins Jacomeli
Resumo:
Resumo: O presente estudo analisa a ação catequética jesuítica na colônia portuguesa do século XVI por meio de algumas obras do Padre José de Anchieta, e salienta o fato de que a educação no Brasil teve inicio com a catequese. Neste período a catequese, a educação e a colonização aconteciam juntas no sentido de atender aos interesses metropolitanos. A colonização, enquanto posse e exploração da terra. A educação, através da aculturação dos povos dominados pela catequese. A ação jesuítica fez parte da empresa colonial e esta, por sua vez atuou como instrumento de acumulação primitiva de capital.Trata-se do movimento de transição do feudalismo para o capitalismo na Europa e que na colônia teve que criar condições de sustentação, levando em conta suas especificidades. A obra de José de Anchieta atuou no sentido de tornar possível a aculturação dos povos primitivos habitantes das terras recém-descobertas favorecendo a vitória do modelo econômico europeu na América. Para tal, era impossível que houvesse tolerância com os costumes indígenas. Anchieta agiu por meio de sua obra contra os elementos culturais dos índios. Costumes que eram incompatíveis com o modo de vida dos europeus. Era preciso, em nome de deus e do rei, destruir toda a base da cultura indígena de forma radical, pois ela não compactuava com a lógica de circulação de riquezas e de acumulação de bens, essência do empreendimento colonizador. A pedagogia de Anchieta através de sua obra (o teatro, a poesia e o catecismo), consistia em desenvolver algumas estratégias que agissem além das escolas para ensinar os fundamentos da fé aos seus alunos. Desta forma conseguiu realizar a sujeição e a dominação dos povos nativos. O Primeiro século de colonização do Brasil foi a "preparação de terreno" para o que viria a se configurar como educação durante todo o período colonial, e o período quinhentista foi o palco de atuação da missão evangelizadora jesuítica na colônia, e trazia no seu bojo um caráter educacional e evangelizador. Neste trabalho, a catequese foi compreendida como "uma educação das almas", utilizada a serviço do projeto colonizador europeu e foi essencial na formação da sociedade colonial brasileira. Os mecanismos utilizados nessa empreitada foram os recursos da força do discurso presentes no teatro, na "Doutrina Cristã" e na poesia anchietana, que eram apresentadas como representação de mundo aos gentios.

Abstract: The present study analyses the Jesuitic catechetical action in the XVI century Portuguese colony through some works of the Priest José de Anchieta considering that Education in Brazil began by catechesis. In this period, catechesis, education, and colonization were happening together to meet metropolitan interests: the colonization while land possession and exploitation; the education through the people acculturation dominated by catechesis. The Jesuitical action was part of the colonial enterprise and the colonial enterprise acted as part and instrument of primitive capital accumulation. It is related to the transition movement from Feudalism to Capitalism in Europe, which was responsible for the creation of supporting conditions, taking into account its features. The work of José de Anchieta acted in the sense of making possible the acculturation of the primitive inhabitants from the newly discovered lands favoring the victory of the European economic model in America. To that end, it was impossible to have tolerance with the native customs. Anchieta acted in his work against the cultural elements of the Indians which were incompatible with the European way of life. In the name of god and of the king, it was necessary to destroy the whole basis of the indigenous culture in a radical way, since it did not match with the logic of wealth circulation and goods accumulation, the essence of the colonizing undertaking. The pedagogy of Anchieta through his work (the theater, the poetry, and the catechism) consisted in developing countless strategies that were beyond the schools to teach the fundamentalism to his pupils. By this way, he managed to achieve the subjection and the domination of these people. The first century of Brazil's colonization prepared the ground for what was to be set like education during the whole colonial period and it was also the scene of the evangelizing Jesuitical mission in the colony, which brought along an educational and evangelizing character. In this work, catechesis was understood as "an education of souls", used as a tool for the European colonizing project and it was essential in the formation of the Brazilian colonial society. The mechanisms used in this commission were the resources from the power of the speech present in the theater, in the "Christian Doctrine", and in the Anchieta's poetry, shown as a world representation to the heathens.
Data de Defesa: 26-02-2008
Código: vtls000439857
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2008
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Sergio Eduardo Montes Castanho
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Educação

Dono: admin
Criado: 19-08-2008 16:18
Visitas: 11865
Downloads: 511

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Nolasco, Patricia Carmello.pdfDocumento PDF716 Kb(733291 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download