Consultar: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - IFCH

Título [Principal]: A aliança para o Progresso e as relações Brasil-Estados Unidos
Título [Outro Idioma]: The Alliance for Progress and Brazil-U.S. relations
Autor(es): Ricardo Alaggio Ribeiro
Palavras-chave [PT]:

Aliança para o progresso , Relações economicas internacionais
Palavras-chave [EN]:
Alliance for progress , International economic relations, Brazil, Brazil, Brasil,
Área de concentração: Ciencia Politica
Titulação: Doutor em Ciência Política
Banca:
Sebastião Carlos Velasco e Cruz [Orientador]
Reginaldo Carmello Correa de Moraes
João Quartim de Moraes
Luis Fernando Ayerbe
Milton Lahuerta
Resumo:
Resumo: O tema desta pesquisa é a Aliança para o Progresso, programa de ajuda externa norte-americano direcionado para a América Latina, idealizado nos primórdios da administração Kennedy e implantado nos anos subseqüentes. O interesse maior do trabalho é investigar o impacto político e econômico do programa no Brasil, dando ênfase às relações Brasil - Estados Unidos durante o período 1961-1968. Para este fim, assume-se uma perspectiva ?burocrática?, cujos parâmetros estão descritos no trabalho. O braço operacional da Aliança foi a USAID (U.S. Agency for International Development) cujas operações brasileiras são estudadas, especificamente, privilegiando as relações entre os agentes americanos e os diferentes órgãos da burocracia brasileira que com eles trabalharam. Para uma melhor compreensão dos fatos, o trabalho foi dividido em duas etapas. A primeira, estuda a Aliança no período dos governos de Jânio Quadros e João Goulart, quando, por várias razões estudadas, o programa teve pouca aceitação no Brasil e desenvolveu-se um ciclo de cooperação e confronto que perdurou até a crise final que derrubou o regime. A segunda etapa analisa a ajuda externa americana durante o período do governo dos Generais Castello Branco e Costa e Silva. Durante o regime militar, especialmente nos seus primeiros anos, reuniram-se uma série de elementos que impulsionaram uma abordagem mais cooperativa, até então não alcançada. Um destes elementos foi a própria derrota dos grupos que se opunham à ajuda externa norte-americana. O programa atingiu um auge no Brasil durante o governo de Castello Branco. No decorrer do governo Costa e Silva, uma série de fatores, estudados na tese, levaram a um relativo distanciamento do Brasil em relação aos EUA sem, contudo, afetar significativamente o montante da assistência. A crise do AI-5, porém, vai suspender a ajuda. Posteriormente, o governo Nixon, com base no Relatório Rockfeller, muda a política americana para a região, acabando com a experiência de uma ajuda massiva destinada ao desenvolvimento econômico da América Latina

Abstract: The target of this work is the Alliance for Progress, an american foreign aid program to the Latin America countries. It was devised in the beginning of Kennedy administration and introduced in the subsequent years. The principal goal is to investigate the political and economical influence of the program in Brazil, emphasizing the U.S. ? Brazil relations, in 1961-1968 period. The operational branch of the American government, in this undertaking, was USAID (U.S. Agency for International Development). We analyze the actions among the american actor and the different brazilian bureaucratic agencies. To understand better this work, we divided it in two parts. The first studies the Alliance in the Jânio Quadros and João Goulart governments. In this period, the program doesn?t receive good acceptance, even though was established a confront and cooperation cycle which lasted until the crisis that overthrew the regime. The second part studies the american foreign assistance during the Generals Castello Branco and Costa e Silva governments. In the military regime first years, with the removal of the groups that doesn?t accept the american foreign aid, a more effective partnership was developed by the Alliance with Brazil. The program reached the apex during Castello Branco government, but in the years of Costa e Silva administration, several factors brought to a relative distance between the two countries. With the arrival of the AI-5 crisis the american aid was suspended. The President Nixon proposed new directions for the Latin America policy based in the Rockfeller Report, finishing the experience of a massive aid for the continental economic development
Data de Defesa: 18-12-2006
Código: vtls000410430
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2006
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Sebastião Carlos Velasco e Cruz
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Ciência Política

Dono: admin
Criado: 24-05-2007 16:16
Visitas: 11487
Downloads: 1041

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Ribeiro, Ricardo Alaggio.pdfDocumento PDF1872 Kb(1916730 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download