Consultar: Instituto de Artes - IA

Título [Principal]: As bases fisiologicas da estrutura triadica da semiotica : analise dos processos perceptivos e cognitivos da criação artistica
Autor(es): Ronaldo Marin
E-mail(s): marinsky arroba uol.com.br
Palavras-chave [PT]:

Semiotica , Criatividade , Artes plasticas , Ciencias cognitivas.
Palavras-chave [EN]:
Semiotics , Cognitive science , Creativity.
Titulação: Mestre em Artes
Banca:
Ernesto Giovanni Boccara [Orientador]
Vera Regina Villela Bonnemasou
Elisabeth Bauch Zimmermann
Resumo:
Resumo: Neste trabalho procuramos demonstrar a existência de uma base fisiológica para a divisão triádica da semiótica estabelecida por Charles Sanders Peirce e que, o reconhecimento dessas bases pode apontar para o estabelecimento de uma teoria semiótica da criatividade. Assim, esta dissertação propõe que a estrutura triádica da semiótica deriva da própria estrutura evolutiva do cérebro humano. Utilizando-se a abordagem primeiramente proposta por Paul MacLean, de que o cérebro humano é produto de um processo evolutivo através do qual são mantidas e aperfeiçoadas suas estruturas básicas fundamentais, o que nos permite dividi-lo em arquiocórtex, paliocórtex e neocórtex, procuramos demonstrar a existência de uma relação direta entre tais estruturas e as categorias universais estabelecidas por Peirce. Sendo assim, são analisadas as possíveis relações entre a Primeiridade, a Secundidade e a Terceiridade com, respectivamente, o que foi denominado por MacLean de cérebro "reptiliano", cérebro "límbico" e cérebro "mamífero superior". Tais relações demonstram que a estrutura triádica encontrada por Peirce, baseado em suas categorias universais, não poderia ser diferente, pois é inerente a um aparato cognitivo de estrutura também triádica: o cérebro humano. Depois de explicitada, a base fisiológica da estrutura triádica da semiótica, tomamo-la como paradigma para a elaboração de nova abordagem para os processos criativos, assumindo que os mesmos decorrem da maior ou menor sensibilidade do indivíduo por uma ou outra categoria de percepção da realidade subjetiva ou objetiva ou mesmo pelo conjunto delas. Para demonstrar tal abordagem, analisamos a obra de alguns artistas a partir desse ponto de vista, estabelecendo assim, subsídios para uma teoria semiótica da criatividade.

Abstract: This work aim to demonstrate that there is a physiologic base for the triadic division of Peircean semiotic and, if we accept this, we can point to the establishment of new semiotic theory for the creativity. This paper come to prop that the semiotic's triadic frame derives from the own human brain's evolutionary structure. Using the approach propose first of all by Paul McLean were the human brain is a product of an evolutionary process that keeps and increase it own fundamentals structure - which permits its approach as arquiocortex, paliocortex and neocortex - we try to demonstrate that its possible a straight relationship between such structures and the Peirce's universal categories. Thus the work brings out the possible relationship of Firstness, Secondness and Thirdness with respectively, what was named by MacLean as reptilian-brain, limbic-brain and high-mammalian-brain. Such relationship shows us that triadic frame founded by Peirce couldn't be different since it is inherent to a cognitive apparatus, which also owns an inner ternary structure: the human-brain. Finally, we use the physiologics bases of the semiotic's triadic frame as a paradigm for a new approach for the creative process, proposing they arose from the minor or mayor sensibility the individual has about one or another categories of reality's perception - that can be objective, subjective or both. For this demonstration we analyze the work of few artists from this point of view, offering thus dates for a semiotic theory of creativity.
Data de Defesa: 23-02-2005
Código: vtls000364817
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2005
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Ernesto Giovanni Boccara
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Artes
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Artes

Dono: admin
Criado: 25-02-2006 15:49
Visitas: 36058
Downloads: 9939

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Marin, Ronaldo 364817 BD.pdfDocumento PDF2820 Kb(2887638 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download