Consultar: Faculdade de Engenharia Mecanica - FEM

Título [Principal]: Modelo de Stackelberg na competição de empresas privadas e estatais pela expansão da oferta de energia eletrica
Título [Outro Idioma]: Stalckelberg model in the competition between state-owned and private firms for the expansion in the electric energy supply
Autor(es): Tiago de Barros Correia
Palavras-chave [PT]:

Energia eletrica , Energia eletrica - Produção , Macroeconomia , Teoria dos jogos
Palavras-chave [EN]:
Electric power , Brazil, Marketing , Eletric poer production , Macroeconomic , Game theory ,
Titulação: Mestre em Planejamento de Sistemas Energeticos
Banca:
Sergio Valdir Bajay [Orientador]
João Lizardo de Araujo
Francisco Anuatti
Resumo:
Resumo: o processo de reforma que vem ocorrendo na indústria elétrica brasileira, desde a segunda metade da década de 1990, sofreu uma infiexão em 2002, quando os programas de privatizações foram congelados, estabilizando a convivência de empresas estatais e privadas numa estrutura mista na indústria elétrica brasileira. O presente trabalho busca analisar o efeito, na eficiência econômica do mercado de eletricidade, do confronto competitivo de empresas que atuam sob a lógica privada (maximização dos lucros) com empresas estatais, que, sob pressão de seu acionista majoritário - o governo, se vêem obrigadas a ter como uma de suas principais metas a maximização dos impactos de políticas públicas. Para tanto, são utilizados conceitos da teoria dos jogos, concorrência potencial, mercados contestáveis, poder de mercado e regulação econômica. O mercado de eletricidade é visto como um ambiente competitivo de Stackelberg, sendo a intervenção estatal incorporada e considerada parte das regras do jogo. Essa concepção de mercado é compatível com o recém estabelecido no setor elétrico brasileiro e pode contribuir para a atual discussão em torno de sua implementação

Abstract: The process of structural reform that has been occurring in the Brazilian electric industry since the second half of the 1990's suffered an infiection in 2002. The programs of privatizations were interrupted, stabilizing a hybrid structure where state-owned and private firms coexist in the same market. This thesis intends to analyze the effect, in the economic efficiency of the Brazilian electricity market, of the competition between agents who act under the private logic (profit maximization) and those who are compelled by their major shareholder - the government - to have the maximization of the impacts of public policies as one of their main goals. To reach such purpose, concepts from the games theory, potential competition, contestable markets, market power and economic regulation are employed. The electricity market is seen as a Stackelberg competitive environment, with the state intervention being incorporated and considered part of the rules of the game. This market concept is compatible with the recently defined institutional mo del of the Brazilian electric sector and can contribute for the current discussion concerning its implementation
Data de Defesa: 05-07-2004
Código: vtls000349580
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2004
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Sergio Valdir Bajay, Paulo de Barros Correia
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Engenharia Mecânica
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Planejamento de Sistemas Energéticos

Dono: admin
Criado: 22-09-2006 11:01
Visitas: 3421
Downloads: 290

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Correia, Tiago de Barros.pdfDocumento PDF4382 Kb(4487327 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download