Consultar: Instituto de Estudos da Linguagem - IEL

Título [Principal]: Designação e referencia : a identificação social em expressões que referem o Presidente Lula
Autor(es): Ana Claudia Nascimento
Palavras-chave [PT]:

Semantica , Referencia (Linguistica) , Historia , Identificação social - Brasil
Palavras-chave [EN]:
Semantics , Reference , History , Social identification ,
Área de concentração: Linguistica
Titulação: Mestre em Linguistica
Banca:
Eduardo Roberto Junqueira Guimarães [Orientador]
Carolina Maria Rodriguez Zuccolillo
Soeli Maria Schreiber Silva
Carmen Zink Bolognini
Resumo:
Resumo: O que é referir e o que é designar? Filiando-nos ao posicionamento teórico da Semântica do Acontecimento, procuramos caracterizar a distinção entre a noção de referência e a noção de designação. Nesse sentido, designar na linguagem não tem a ver meramente com a identificação de um objeto no mundo. A significação de uma expressão referencial é constituída no funcionamento da língua, no confronto de dizeres e sentidos diversos e é esse espaço de constituição de sentido que produz a designação. Para Guimarães (2002), esses espaços são configurados por acontecimentos enunciativos e é aí que se dão as cenas enunciativas, que são modos específicos de acesso à palavra. Analisamos, assim, como se constituem os modos de referir o presidente Lula na época da eleição e, por assim dizer, como se constituem as expressões que designam esse sujeito. Os modos de referir recortados constituem a designação do sujeito em questão e, na medida em que as designações mobilizam dizeres e sentidos outros, identificam Lula nos acontecimentos estudados, particularizando-o. Tomamos, para isso, seqüências de textos extraídos de Veja, Época e Isto É Gente e procuramos mostrar como o espaço enunciativo que faz funcionar esses periódicos é um espaço de política do dizer, em que o dizer se distribui desigualmente. A política do dizer constitui os espaços enunciativos, os dizeres que aí se produzem e, por assim dizer, o modo como Lula é identificado em cada uma das revistas

Abstract: What does refer mean and what does designation mean? We are on the theoretical position from Semântica do Acontecimento, and we try to establish a distinction between the conception of reference and the conception of designation. Thus, refer in the language is not related to identify an object in the world. The sense of the referent in the language is constituted on language working, where there is a confrontation of several sayings and several senses, and this is the space where the designation is produced. According Guimarães (2002), the spaces of constitution of the sense are configured by acontecimentos enunciativos and the enunciative scenes happen there ? enunciative scenes are ways of specific access to speaking. We analyze how the ways of referring the president Lula in election time and, then, how the designative expressions of this person are constituted. The cutting ways of referring designate Lula and, more they make ready other sayings and other senses, more they identify Lula in those enunciations. For that, we took sequences of texts from Veja, Época e Isto É Gente and we tried to show how the enunciative space, where those magazines work, is a political space, where the speaking is not distributed equally. The politic question constitutes the enunciative spaces, the enunciation and, then what identifies Lula in each magazine
Data de Defesa: 27-02-2004
Código: vtls000345191
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2004
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Guimarães, Eduardo Roberto Junqueira Guimarães
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Estudos da Linguagem
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Linguística

Dono: admin
Criado: 11-08-2006 13:48
Visitas: 4164
Downloads: 213

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Nascimento, Ana Cláudia.pdfDocumento PDF167 Kb(171332 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download