Consultar: Instituto de Biologia - IB

Título [Principal]: A comunidade fital : variação espacial e nictemeral da epifauna, especialmente anfipodos, associada a alga parda Sargassum spp. em quatro praias de Ubatuba, litoral norte do Estado de São Paulo
Autor(es): Arthur Ziggiatti Guth
Palavras-chave [PT]:

Varia (Biologia) , Ecologia costeira , Fauna marinha
Titulação: Mestre em Ecologia
Banca:
Fosca Pedini Pereira Leite [Orientador]
Claudia Alves Magalhães
Maria Tereza Valerio Berardo
Alexander Turra
Resumo:
Resumo: Quatro praias " Domingas Dias, Lázaro, Lamberto e Perequê-mirim - do litoral norte do estado de São Paulo foram investigadas para avaliar as diferenças locais na composição entre as suas comunidades epifaunais habitantes da alga parda Sargassum. Foi analisada também a existência de padrões migratórios nictemerais da epifauna em função do conhecimento de que esses movimentos populacionais de elementos vágeis do fital ocorram, principalmente, como estratégia evasiva contra predadores visualmente orientados. Dez frondes de Sargassum spp. foram coletadas durante o dia (entre 10:00 e 12:00 horas) e mais 10 frondes durante a noite (entre 22:00 e 00:00 horas), em dois dias consecutivos, perfazendo um total de 40 frondes por praia. A comunidade vágil do fital mostrou-se estruturalmente muito semelhante entre as quatro praias, sendo que os anfípodos, isópodos, gastrópodos e poliquetas foram os táxons característicos e dominantes. As principais diferenças entre as praias residiram nas espécies dominantes. A comunidade do Lamberto mostrou-se a mais singular devido à influência de e interação entre fatores físicos inerentes a essa praia, como a alta complexidade da alga-substrato, a alta carga de hidrozoários, o baixo hidrodinamismo, a alta carga de sedimento e a poluição. Diferenças significativas entre as densidades nas frondes das coletas noturnas e diurnas foram notadas para algumas espécies, mas não para a comunidade como um todo. Dentre estas espécies, os anfípodos gamarídeos Batea catharinensis, Sunampithoe pelagica, Hyale nigra, Photis longicaudata e Lysianassa sp., apresentaram uma tendência no aumento de densidade durante a noite e os anfípodos caprelídeos Caprella danilevskii, Caprella scaura e picnogônidos tenderam aumentar a densidade nas frondes durante o dia

Abstract: Diel variations and spatial differences in the species composition of the epifaunal community of the brown algae Sargassum were investigated within and among four shores, respectively ? Domingas Dias, Lázaro, Lamberto e Perequê-mirim - of the north coast of São Paulo state, Brazil. It?s supposed that patterns of diel movements of the populations of epifaunal species are a strategy against visually oriented predators. In two successive days, ten samples (fronds) of Sargassum spp. were taken at day (between 10.00 and noon) and night periods (between 22.00 and midnight), summing up 40 individual algae per shore. The Sargassum mobile community was very similar in the four shores and the most common and typical taxa were amphipods, isopods, gastropods and polychaetes. The four shores differed mainly in their dominant species and in the proportion among the species populations. The most distinctive community was reported in Lamberto beach, under the influence and interaction of physical factors such as algae morphology, load of fouling hydrozoans, low hydrodynamics, and high sediment load and pollution. Significant differences between the densities of nocturnal and diurnal samples were noted for some species but not for the whole community. For such species, gammaridean amphipods such as Batea catharinensis, Sunampithoe pelagica, Hyale nigra, Photis longicaudata e Lysianassa sp. showed a tendency for higher densities at night while the caprellideans amphipods Caprella danilevskii, Caprella scaura and pycnogonids were more abundant at daytime
Data de Defesa: 28-04-2004
Código: vtls000321783
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2004
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Fosca Pedini Pereira Leite
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologia
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Ecologia

Dono: admin
Criado: 23-06-2005 16:11
Visitas: 8172
Downloads: 647

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Güth, Arthur Ziggiatti .pdfDocumento PDF445 Kb(455782 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download