Consultar: Instituto de Estudos da Linguagem - IEL

Título [Principal]: A representação alegorica da ditadura militar em O Minossauro, de Benedicto Monteiro
Autor(es): Maria de Fatima do Nascimento
Palavras-chave [PT]:

Ficção brasileira , Literatura brasileira, Alegorias , Perseguição politica ,
Área de concentração: Literatura Brasileira
Titulação: Mestre em Teoria e Historia Literaria
Banca:
Suzi Frankl Sperber [Orientador]
Resumo:
Resumo: A Dissertação de Mestrado A Representação Alegórica da Ditadura Militar em O Minossauro, de Benedicto Monteiro: Fragmentação e Montagem faz análise dos elementos alegóricos constituintes do romance O Minossauro, caracterizados pela: fragmentação e montagem da obra, estratégia narrativa do escritor e relação entre a obra e o contexto social da ditadura militar no Brasil da década de 1970. A análise da estrutura do romance O Minossauro se pautou nas teorias sobre alegoria, figura de linguagem objeto de discussão entre os críticos da literatura brasileira na década de 1970. Os estudos teóricos foram complementados por entrevistas - com Benedicto Monteiro e com outros informantes –, entrevistas estas que acrescentaram importantes informações para esclarecimento e sistematização de questões relacionando vida e obra do autor. A pesquisa constatou em O Minossauro - romance representativo da produção literária da região amazônica da década de 1970 - flagrante presença de elementos alegóricos (fragmentação e montagem), empregados nas estratégias narrativas pelos escritores desse período. Essas características alinham o romance do escritor paraense a seus congêneres da década de 1970. A importância desse romance reside no fato de Benedicto Monteiro ter dialogado com este período sombrio da história brasileira e instaurado um lugar: o Pará como espaço romanesco da obra.

Abstract: This Dissertation Representação Alegórica da Ditadura Militar em O Minossauro, de Benedicto Monteiro: Fragmentação e Montagem makes an analysis of the allegorical elements characterized by the fragmentation and assembly of the work, the narrative strategies of the author, and the relationship between the work and the social context of military despotism in Brazil in the 1970s. The theoretical studies were complemented by interviews – with Benedicto Monteiro and other informers – that added important information to the enlightenment and systematization of questions relating the author’s life and work. The research found out – in O Minossauro, representative novel of the literary production of the region of Amazonas in the 1970s – Flagrant presence of allegorical elements (fragmentation end assembly) used in the narrative strategies by the writers of this period. These characteristics range the novel of the writer from Pará to his congeners of the 1970s. The importance of this novel is the fact that Benedicto Monteiro dialogued with this shadowy period of the Brazilian history and established a place: the state of Pará as a romantic character of the work, object of this Dissertation.
Data de Defesa: 26-02-2004
Código: vtls000316845
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2004
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Suzi Franki Sperber
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Estudos da Linguagem
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Teoria e História Literária

Dono: admin
Criado: 23-08-2004 10:42
Visitas: 9744
Downloads: 1015

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Nascimento, Maria de Fátima do.pdfDocumento PDF7720 Kb(7904951 bytes)4 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download