Consultar: Instituto de Estudos da Linguagem - IEL

Título [Principal]: Pronomes, ordem e ergatividade em Mebengokre (Kayapo)
Autor(es): Maria Amelia Reis Silva
Palavras-chave [PT]:

Indios Kayapo , Indios - Linguas , Lingua indigena
Palavras-chave [EN]:
Indigenous languages (Amazon, Brazil), Ergativity , Mebengokre (Kayapó),
Titulação: Mestre em Linguistica
Banca:
Charlotte Marie Chambelland Galves [Orientador]
Resumo:
Resumo: Esta Dissertação descreve e analisa o fenômeno da ergatividade em Mebengokre, língua do ramo setentrional da família ,Te falada pela nações Kayapó e Xikrin nos estados do Pará e Mato Grosso. O objetivo deste trabalho é discutir a natureza da ergatividade cindida do Mebengokre. Minha hipótese sobre a ergatividade do Mebengokre, língua canonicamente SOV, é a de que há uma forte relação entre posição ocupada pelo verbo, suas propriedades verbais e o sistema de caso da língua. O capítulo 1 consistitui uma introdução geral sobre o povo Mebengokre, sua língua, as estapas do trabalho de campo, bem como a apresentação do fenômeno gramatical conhecido como ergatividade, com especial referência à línguas da família Jê .O capítulo 2 focaliza aspectos da morfossintaxe verbal. Nele discute-se a distinção entre nomes e verbos; categorias verbais, processos de mudança de valência. O capítulo 3 está dedicado à descrição do sistema pronominal. A principal questão a ser problematizada neste capítulo diz respeito ao estatuto dos prefixos de pessoa enquanto categoria sintática, isto é, se são pronomes ou concordância. Por fim, o capítulo 4 retoma a discussão sobre a manifestação da ergatividade cindida, apresentando argumentos a favor da hipótese de que a manifestação do sistema nominativo ou ergativo depende da natureza do elemento que ocupa a posição de núcleo do predicado

Abstract: This dissertation examines the phenomenon of split ergativity in Mebengokre, language of the northern branch of Jê family spoken by the Xikrin and Kayapo nations in the states of Mato Grosso and Pará in Brazil. Mebengokre is a canonicaly SOV language that shows consequences in the syntax, specifically in the case marking, when this order is not preserved. I explore the hypothesis that there is a strong link between the position of the verb, its verbal properties, and the case-marking system in this language. According to this hypothesis the split ergativity depends of the nature of the category filling the head position in the predicate. Thus I consider that in the accusative construction the predicate head is filled by the thematic verb while that position in the ergative construction is filled by a functional head
Data de Defesa: 21-08-2001
Código: vtls000305039
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2001
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Charlotte Marie Chambelland Galves
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Estudos da Linguagem
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Linguística

Dono: admin
Criado: 27-02-2008 11:22
Visitas: 3884
Downloads: 216

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Silva, MAria Amelia Reis.PDFDocumento PDF4592 Kb(4702251 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download