Consultar: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - IFCH

Título [Principal]: Um momento perigoso : Jung e o nazismo
Autor(es): Ulianov Reisdorfer
Palavras-chave [PT]:

Nazismo
Titulação: Mestre em Ciencia Politica
Banca:
Amneris Angela Maroni [Orientador]
Oswaldo Giacoia Junior
Omar Ribeiro Tomaz
Resumo:
Resumo: o envolvimentode Jung com o Nazismo na década de 30 é um tema que não encontra respostas definitivas. Numa tentativa de interpretação desta relação, no que diz respeito aos aspectos teóricos da psicologia junguiana, procuraremos analisar uma possível conexão teórica entre a psicologia analítica e a ideologia nazista. Para tal fim, analisaremos o que acreditamos ser uma dupla filiação filosófica dos aspectos da psicologia junguiana que se referem à relação entre indivíduo e sociedade: filiam-se por um lado aos filósofos românticos alemães, e por outro lado a Nietzsche. Cremos que uma análise desta relação nos fornecerá elementos suficientes para compararmos teoricamente Jung e a ideologia nazista. A relação orgânica entre indivíduo e comunidade presente na teoria psicológica de Jung (expressa em idéias como "participação mística", libido familiar e relação mente-corpo-terra) constitui-se em um traço romântico de seu pensamento; mas acreditamos que esta tendência, que poderia vinculá-lo, de certa forma, ao Nazismo, é contrabalançada por uma tendência ainda mais forte de diferenciação do indivíduo em relação ao todo social (seja família, nação, Estado, povo, etc.), a qual manifesta-se por meio de um processo de autodesenvolvimento e auto-educação denominado processo de individuação (e aqui Jung recebe influências de Nietzsche)

Abstract: Jung's involvement with the Nazism in the Thirties is a theme that doesn't find conclusive answers. In an attempt to interpret this relation, concerning the theoretical aspects of the jungian psychology, we will try to analyze a possible theoretical connection between the analytical psychology and the Nazi ideology. For such an end, we are going to analyze what was believed to be a double philosophical filiations of the jungian psychology aspects which make reference to the relationship between individual and society: both join the German romantic philosophers at one hand, and to Nietzsche on the other. We believe an analysis of this relationship wiIl supply us with enough elements to compare theoreticaIly the jungian psychology and the Nazi ideology. The organic relationship between individual and community presents in Jung's psychological theory (expressed in ideas as "mystic participation", family libido and relationship mind-body-earth) is a romantic line of his thought; but we believe that this tendency, that could link him, in a certain way, to the Nazism, is counterbalanced by a tendency still stronger of the individual's differentiation in relation to the social whole (family, nation, State, people, etc.), which is shown as a self development and self educational process called individuation process (and at this point Jung is influenced by Nietzsche)
Data de Defesa: 06-08-2003
Código: vtls000302182
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2003
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Amneris Angela Maroni
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Ciência Política

Dono: admin
Criado: 20-02-2008 09:57
Visitas: 6783
Downloads: 345

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Reisdorfer, Ulianov.pdfDocumento PDF10806 Kb(11065602 bytes)5 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download