Consultar: Faculdade de Ciências Médicas - FCM

Título [Principal]: Atipias de celulas glandulares no esfregaço colpocitologico
Autor(es): Jose Carlos Campos Torres
Palavras-chave [PT]:

Colo uterino, Colposcopia , Papanicolaou , Carcinoma in situ , Adenocarcinoma , Diagnostico citologico ,
Área de concentração: Tocoginecologia
Titulação: Doutor em Tocoginecologia
Banca:
Sophie Françoise Mauricette Derchain [Orientador]
Luiz Carlos Zeferino [Co-orientador]
Resumo:
Resumo: Objetivo: avaliar a presença de determinados critérios morfológicos individuais utilizados na classificação de esfregaços da colpocitologia oncológica como sugestivos de atipias de células glandulares, para identificar aqueles significativamente associados com lesões histológicas pré-neoplásicas e neoplásicas e com lesões verdadeiramente glandulares. Pacientes e métodos: foram selecionadas as lâminas de citologia e histologia de 73 mulheres atendidas por atipias de células glandulares entre janeiro e dezembro de 2000 e com avaliação histológica por conização e/ou histerectomia. As lâminas de colpocitologia oncológica e de histologia foram revisadas pelo mesmo patologista e os esfregaços citológicos foram classificados segundo a presença ou ausência de 28 critérios morfológicos preestabelecidos. Utilizando regressão logística e árvore de decisão, os critérios que apresentaram maior associação com lesões pré-neoplásicas e neoplásicas e de origem verdadeiramente glandular foram identificados, tendo como padrão-ouro o exame anatomopatológico. Resultados: a idade mínima foi 20 anos, a máxima 72 anos, com média de 42 anos (DP 11,9). Das 73 mulheres que foram submetidas à avaliação histológica, 35 (48%) apresentaram lesões pré-neoplásicas e neoplásicas, sendo 26 (74%) neoplasias intra-epiteliais cervicais escamosas, seis (17%) adenocarcinomas in situ do colo, um (3%) adenocarcinoma in situ do endométrio e dois (6%) carcinomas invasores do colo. Na análise univariada, entre os critérios referentes à arquitetura celular, a celularidade, presença de células atípicas isoladas, fragmentos, sobreposição celular e perda polar estiveram significativamente associados com a presença destas lesões histológicas pré-neoplásicas e neoplásicas. Entre os critérios citoplasmáticos, o aumento da relação núcleo-citoplasma apresentou uma associação muito alta com lesões histológicas pré-neoplásicas e neoplásicas e a presença de citoplasma escasso também mostrou uma associação significativa, embora menor. Entre os critérios nucleares analisados, a presença de membrana nuclear irregular ou espessa, cromatina granular grosseira, pleomorfismo, núcleos atípicos nus e disqueratinócitos estiveram significativamente associados com a presença de lesões histológicas pré-neoplásicas e neoplásicas. A análise de regressão logística identificou o aumento da relação núcleo-citoplasma como o critério de maior associação com as lesões histológicas de maior significado clínico, seguido por disqueratinócito. Quando se procurou critérios para considerar um esfregaço com atipias glandulares inconclusivas como de maior risco para representar lesões histológicas pré-neoplásicas e neoplásicas, a análise por árvore de decisão também apontou o aumento da relação núcleo-citoplasma no primeiro nível decisório. E, finalmente, a presença de membrana nuclear irregular seguida pelo achado de nucléolo foram os critérios que melhor diferenciaram as lesões glandulares daquelas de origem escamosa, após análise por árvore de decisão. Conclusão: o aumento do núcleo em relação ao citoplasma e a presença de disqueratinócito associaram-se fortemente com lesões pré-neoplásicas e neoplásicas no espécime histológico. A presença do critério membrana nuclear irregular no esfregaço foi forte indicativo de lesões verdadeiramente glandulares.

Abstract: Objective: the aim of study was to evaluate the presence of some criteria in Pap smears resulting atypical glandular cells and the correlation with histological patterns to identify pre-neoplastic and neoplastic lesions. Methods: a total of 73 Pap smears resulting atypical glandular cells and histological slides from eligible women who was submitted to conization and/or hysterectomy in the Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher of Universidade Estadual de Campinas between January and December 2000, were selected. The same pathologist reviewed all Pap smears and biopsies blindly according to 28 pre-established cytomorfological criteria. We used logistic step-wise regression controlled by age and answer decision tree and all the criteria that present higher association with pre-neoplasic and neoplasic lesions and glandular origin were identified, using the histological results as gold standard. Results: age ranged between 20 years old, the maxim age was 72 years old and the midle was 42 years old (SE 11.9 ). From 73 women who were submitted to histological evaluation, 35 (48%) had preneoplasic and neoplasic lesions. Of these women, 26 (74%) had esquamous cervical intra-epithelial neoplasia, six (17%) had “in situ” adenocarcinoma from cervix, one (3%) “in situ” adenocarcinoma from endometrium and two (6%) invasive cervical carcinoma. By univariated analysis using cellular architecture criteria, cellularity, presence of isolated atypical cells, fragments, cellular over position and appolar cells were those criteria which were significantly associated with the presence of pre-neoplasic and neoplasic lesions. Regarding cytoplasmatic criteria, increased nuclear/cytoplasmatic ratio presented a very higher association with pre-neoplasic and neoplasic lesions and, as well as decreased cytoplasm, that presented significant association, although less then nuclear/cytoplasmatic association. The presence of irregular nuclear membranes, or thick membranes, smudged chromatin, pleomorfism, atypical stripped nuclei and the presence of diskeratinised cell, presented significant association with pre-neoplasic and neoplasic lesions. The step-wise logistic regression identified the increased nuclear/cytoplasmatic ratio as the best association criteria with clinically significant lesions, followed by the presence of diskeratinised cells. Aswer decision tree pointed increased nuclear/cytoplasmatic ratio in the first decision level to consider a Papanicolaou smears, presenting inconclusive atypical glandular cells, as high risk to associated with clinically significant lesions. Finally, presence of irregular nuclear membranes followed by nucleolo were the best criteria to differentiated glandular from squamous lesions, according aswer decision tree analysis. Conclusion: The increased nuclear/cytoplasmatic ratio and the presence of diskeratinised cells were strongly associated with pre-neoplasic and neoplasic lesions in the histological section. The presence of irregular nuclear membranes in the smears was highly associated with really glandular lesions.
Data de Defesa: 27-06-2003
Código: vtls000300906
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2003
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Sophie Françoise Mauricette Derchain, Luiz Carlos Zeferino
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciencias Medicas
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Tocoginecologia

Dono: admin
Criado: 30-06-2004 12:18
Visitas: 13376
Downloads: 689

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Torres, Jose Carlos Campos_D.pdfDocumento PDF2379 Kb(2435784 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download