Consultar: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - IFCH

Título [Principal]: Cães de guarda : jornalistas e censores, do AI-5 a Constituição de 1988
Autor(es): Beatriz Kushnir
Palavras-chave [PT]:

Censura , Imprensa , Ditadura e ditadores
Titulação: Doutor em Historia
Banca:
Maria Stella Martins Bresciani [Orientador]
Angela Maria de Castro Gomes
Italo Tronca
Marcelo Ridenti
Michael Hall
Resumo:
Resumo: Esta pesquisatem comotemáticamais geral os procedimentoscensórios no Brasil,do pós AI-5 à Constituição de 1988. A análise, contudo, é abordadaa partir da relação entre censorese jornalistas sob a perspectiva do colaboracionismo, ou da não oposição às medidas restritivas. Isto porque, no processo de investigação, constatei que os primeiros censores deslocados para Brasília, quando da transferência da capital, eramjornalistas. Assim, por um lado foram mapeados o loeus institucional das agências de censura no aparelho de Estado, as tramas legislativas construídas no período Republicano, e as gerações dos Técnicos de Censura do DCDP - Departamento de Censura de Diversão Pública - além de toda a estratégia corporativa montada por este grupo para sobreviver após a decretação do fim da censura oficial, em 1988. Por outro, foi redesenhada a trajetória do periódico Folha da Tarde, do Grupo Folha da Manhã, que tinha a fama de possuir, em sua redação, jornalistas que eram policiais, sendo acusado também de colaborar com o regime que se instalou no Brasil em 1964. Partindo de uma abordagem da história cultural, cruzam a metodologia deste trabalho a união da históriapolíticacom a história oral, dando voz aos personagensdessa trama - jornalistas e censores.O foco na Imprensapermitetambémrefletira relação entre estes dois profissionais das letras- jornalistase historiadores- na investigaçãoe feiturada históriadotempopresente

Abstract: This thesis is about the means of censorship that prevailed in Brazil between the AI-5 period (12/13/1968)and the Constitutionpromulgatedin 1988It analyses the relationship between the censors and the journalists who collaborated in the process, or who at least, did not oppose to their restrictive measures. One of the reasons for that behavior points to the fact that the first censorswho went to Brasilia, when it became the new capital, were also journalists by profession. One of the newspapers in São Paulo became well known for "hiring" journalists who were doubling as policemen. The technique of investigation for this dissertation started by charting the institutionallocus of the censorship agencies inside the government and the legislative schemes built in the republican period, between 1889and 1988.It was followedby the mappingof the generationsof censorship technicians from DCDP (Departamento de Censura de Diversão Pública) as well as the corporate strategycreatedbythat groupas survivorsafterthe officialcensorshipwas extinguishedin 1988.As part ofthe thesis, we have also traced the history ofthe newspaperFolha da Tarde, that belongs to the Folha da Manhã Group. The basic tools of investigation to the fields above indicated are related to cultural history. The methodology applied inserts political episodes and oral stories by witnesses, therefore giving room to people's voices and viewpoints. As conclusive remarks, we are stimulated to think about the relationship created among the press,journalists and historians - andtheirresponsibilitiesin relating to and making history of the their present times
Data de Defesa: 04-10-2001
Código: vtls000231037
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2001
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Maria Stella Martins Bresciani
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em História

Dono: admin
Criado: 19-02-2008 10:32
Visitas: 8558
Downloads: 1746

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Kushnir, Beatriz.PDFDocumento PDF30312 Kb(31039030 bytes)13 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download