Consultar: Faculdade de Odontologia - FOP

Título [Principal]: Estudo comparativo entre dois metodos de estimativa da maturação ossea
Autor(es): Tasso Schusterschitz da Silva Araujo
Palavras-chave [PT]:

Crescimento , Ossos , Cefalometria - radiografia , Crianças - Desenvolvimento , Mão
Titulação: Mestre em Radiologia Odontologica
Banca:
Francisco Haiter Neto [Orientador]
Julio Cesar de Melo Castilho
Solange Maria de Almeida
Resumo:
Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar a aplicabilidade e a confiabilidade de dois métodos de estimativa de maturação óssea, utilizando-se de uma amostra de crianças brasileiras. Para a estimativa da maturação óssea, foram utilizados os métodos de GRAVE & BROWN (1976), que analisam a seqüência de eventos de ossificação observada numa radiografia de mão e punho, e o método de HASSEL & FARMAN (1995) que avalia a maturação óssea, utilizando as variações morfológicas observadas nas vértebras cervicais dois, três e quatro, visua1izadas em radiografias laterais cefalométricas. A amostra estudada foi composta de 240 indivíduos brasileiros, de ambos os sexos, aparentando bom estado de saúde e com idade variando de 7 a 15 anos. Foram formados nove grupos, distribuídos por sexo e por idade cronológica com intervalo de 12 meses de idade entre cada grupo. As radiografias obtidas foram examinadas e reencaminhadas por seis avaliadores, e os dados obtidos foram submetidos ao teste estatístico de SPEARMAN. Os resultados encontrados demonstraram que, para a determinação do estágio de maturação óssea em que o indivíduo se encontra, o método que utilizou radiografias de mão e punho, GRAVE & BROWN (1976), apresentou correlações intra e inter-avaliadores maiores que os apresentados pelo método de HASSEL & FARMAN (1995), independente do sexo e da idade do indivíduo. Foi possível correlacionar os dois métodos e o smto de crescimento puberal ocorreu precocemente na população estudada

Abstract: The aim of the present work was to evaluate the applicability and the reliability of two methods of skeletal maturation in Brazilian children. ORAVE & BROWN (1976) skeletal maturation method, that use the sequence of ossification events observed in hand wrist radiographs and the method of HASSEL & F ARMAN (1995) that evaluates skeletal maturation using the morphologic variations observed in the cervical vertebras two, three and from, visualized in lateral cefalometric x-rays. The sample was composed by 240 Brazilian children, of both sexes, in good hea1th condition and with age from 7 to 15 years. Nine groups were formed, distributed by sex and chronologica1 age, with interval of 12 months among each group. The radiographs were examined and reexamined by six examiners, and the obtained data were submitted to the statistica1 test of SPEARMAN. The results demonstrated that, for the determination of the bony maturation level of the individual, ORA VE & BROWN method presented better correlation intra and inter examiners than HASSEL & F ARMAN method. However, both methods studied proved to be capable to esteem the occurrence of the pubertal growth spurt
Data de Defesa: 07-03-2001
Código: vtls000219693
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2001
Local de Publicação: Piracicaba, SP
Orientador: Francisco Haiter Neto
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Radiologia Odontológica

Dono: admin
Criado: 17-11-2006 15:46
Visitas: 1924
Downloads: 111

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Araujo, Tasso Schusterschitz da Silva.pdfDocumento PDF10640 Kb(10895617 bytes)5 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download