Consultar: Instituto de Biologia - IB

Título [Principal]: Aprendizagem de discriminação operante em pombos (Columba livia) destelencefalados : implicações para o estudo da plasticidade neural
Autor(es): Suzete Maria Cerutti
Palavras-chave [PT]:

Pombo , Aprendizagem discriminatoria , Lesão cerebral , Neurologia
Área de concentração: Fisiologia
Titulação: Doutor em Biologia Funcional e Molecular
Banca:
Elenice Aparecida de Moraes Ferrari [Orientador]
Carlos Alexandre Netto
Luis Roberto Giorgetti Britto
Francesco Langone
Luiz Marcellino de Oliveira
Resumo:
Resumo: A situação de discriminação operante fornece uma linha de base comportamental adequada para a análise de efeitos de lesão neural em mamíferos e aves. O substrato neural do comportamento discriminativo inclui funções integratlvas de sIstemas telencefálicos e subtelencefálicos. O presente trabalho teve como objetivo estudar o processo de aprendizagem e a capacidade de reorganização anátomo-funcional de estruturas subtelencefalálicas em pombos destelencefalados. Foram analisados pombos submetidos a ablação de estruturas telencefálicas e ao processo de aprendizagem de discriminação operante (Grupo LA), à cirurgia simulada e à aprendizagem (Grupo SA), pombos submetidos somente à aprendizagem (Grupo NA) e pombos não lesado-não treinados (NN). A análise da aprendizagem foi realizada pelo condicionamento da resposta de bicar o disco em esquemas de reforçamento alimentar, contingências de discriminação sucessiva e de reversão da discriminação. Nas condições de discriminação e de reversão da discriminação treinamento continuou até a estabilidade do comportamento. Após o término dos procedimentos experimentais todos os pombos foram sacrificados, os cérebros perfundidos e preparados de acordo com a técnica de Klüver & Barrera. Pombos dos grupo NN e LA foram usados para análises morfométricas, Pombos lesados e não treinados (Grupo LNA), e submetidos à cirurgia simulada e não treinados (LSA) foram submetidos as análises imonohistoquímicas da proteína ácida fibrilar glial (GFAP) e do neurofilamento (NF). A avaliação morfométrica e imunohistoquímica foi realizada no núcleo Rotundo (NRt) e Teto Óptico (TeO). Os resultados da análise comportamental demonstraram que os pombos lesados aprenderam a discriminação e necessitaram de um maior número de sessões para a aquisição e para a estabilidade do comportamento (p<0,05). Entretanto, não responderam diferencialmente a Vermelho e Amarelo na condição de reversão, evidenciando ausência de aprendizagem (p<0,05). A morfometria demonstrou uma desorganização estrutural no TeO e uma alteração no número de neurônios e de vasos no NRt de pombos LA (p< 0.05). A análise imunohistoquímica mostrou que os pombos LNA tiveram uma ativação astrocitária no TeO e no Nrt (p<0,02) e um aumento no número e/ou tamanho dos processos celulares imunorreativos ao GFAP (p<0,02). Uma diminuição na imunorreatividade ao neurofilamento, que caracteriza degeneração neuronal, também foi observado nos pombos LNA em comparação com os pombos LSA. Em conjunto, os dados demonstram que os sistemas telencefálicos não são essenciais para a aprendizagem de discriminação, mas teria funções na aquisição do condicionameno da resposta de bicar e no processo de aprendizagem de reversão da discriminação. Estruturas subtelencefálicas parecem ser importantes para a organização e armazenamento da aprendizagem. As evidências de mudanças anátomo-funcionais em células neuronais e em astrócito sugerem mecanismos correlacionados com aprendizagem e plasticidade neural em sistemas subtelencefálicos, longo tempo após a lesão.

Abstract: Operant discriminative behavior provides a useful baseline for analyzing the effects of lesions both for mammal and avian brains. The neural substrates of the discriminative behavior include integrative functions by telencephalic and subtelencephalic systems. The present work was conducted to analyze behavior under discrimination contingencies and morphological characteristics of visual pathway components in detelencephated pigeons. Adult pigeons divide into different groups according to lesion and learning conditions were used: pigeons submitted to telencephalic lesions and learning (LA), sham-Iesion-Iearning (SA), non-syrgery-Iearning (NA) or non-lesion-non learning (NN). Behavioral analysis was carried out through key pecking conditioning, operant discrimination and reversal discrimination learning training. After experimental procedure pigeons were perfused and their brains were used stained according to Klüver-Barrera techique. Pigeons LA and NN were submitted to morphometric analysis. Brains of nontrained lesioned pigeosn (LNA) and sham-Iesionedtrained pigeons (LSA) were submitted to immunohistochemical analysis of neurofilament (NF) and glial fibrillary acidic protein (GFAP). The morphometric and immunohistochemicalanalyses were realized in the Optic Tectum (OT) and nucleus Rotundus (Rt). LL and control group comparisons showed that lesioned birds had more sessions for key peck acquisition and steady-state behavior (p< 0.05). Rt increases were observed in perimeter, neuronal soma and vascularity (p< 0.05), contrasting with a decreased number ofneurons (p< 0.05). The OT analysis showed a major disorganization in celllayers and was associated to increased thickness of layers 1,2 e 3. The GFAP immunohistochemistry showed an astrocytic reaction in the Rt and OT (p<0,02). The NF immunohistochemistry demonstrated a decreased NF immunoreativity (IR) in the Rt in layers ofthe OT in lesioned pigeons The number ofNF immunoreactive (ir) nerve terminais was decreaesd in the analised regions. The overall data demonstrated that telencephalic systems are not essentiai for discrimination learning but have a function in the acquisition of key pecking and reversal learning. The long-term analysis of detelencephalated pigeons demonstrated a degeneration of the visual neuronal pathway and long lasting activation of astrocytes. These evidences of plastic changes of subtelencephalic systems after long-term detelencephalated suggest functional mechanisms correlated with learning and neural plasticity in pigeons.
Data de Defesa: 26-05-1997
Código: vtls000115375
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 1997
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Elenice Aparecida de Moraes Ferrari, Gerson Chadi
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Biologia
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Biologia Funcional e Molecular

Dono: admin
Criado: 07-05-2007 18:10
Visitas: 2586
Downloads: 36

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Cerutti, Suzete Maria.PDFDocumento PDF11798 Kb(12080986 bytes)5 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download