Consultar: Instituto de Estudos da Linguagem - IEL

Título [Principal]: Uma obra em movimento : leitura(s) de Avalovara, de Osman Lins
Autor(es): Regina Dalcastagne
Palavras-chave [PT]:

Estudo literario , Literatura brasileira, Mito , Espaço e tempo na literatura
Titulação: Doutor em Teoria e História Literária
Banca:
Vilma Sant'Anna Areas [Orientador]
Vera Maria Chalmers
Leila Perrone-Moyses
Antonio Arnoni Prado
Roberto Correira dos Santos
Resumo:
Resumo: Esta tese é uma incursão pelo romance Avalovara, de Osman Lins. Obra que se narra a si mesma, que exibe sua estrutura e dialoga com seu tempo, A valovara não permite uma leitura única, redutora. Exige, bem ao contrário, uma perspectiva múltipla, baseada em diferentes campos da arte e do conhecimento humano. É este olhar que esta tese procura oferecer - o olhar de um viajante que busca reconstituir a viagem de um outro. O percurso está dividido em três partes, que se inter-relacionam e se completam mutuamente - um pouco como as três protagonistas do romance A primeira parte do trajeto busca dar conta da distribuição espacial do romance: desde a sua estrutura mesma, que já nasce vinculada à estética medieval, até a relação do protagonista com as cidades que percorre - na Europa - e com aquelas que traz dentro de si - do Nordeste brasileiro. A segunda parte discute a questão do tempo em Avalovara. O tempo em suas muitas implicações, seja na organização da matéria narrativa, seja constitutivo. Já a terceira e última parte fala da criação e de seus enfrentamentos. Primeiro, entre o criador e a opressão, que o nega, contamina e, muitas vezes, o destrói. Depois, entre o criador e o objeto de sua criação - no caso, a palavra.

Abstract: This dissertation is an inroads into the novel Avalovara, by Osman Lins. While Avalovara narrates itself, it shows a structure and establishes dialogue with its time. It does not lend itself, though, to a single or simplistic reading. Gn the contrary, it demands a multiple approach based on different areas of art and human lmowledge. This is the vantage point the dissertation seeks to offer - a vantage point of a traveller that attempts to reconstruct someone else's voyage. The j oumey is divided into three parts, which are interrelated and mutually complementary, much the same as the novel's main caracteres. The first part deals with space: starting with the novel's structure, which is in its origin related to the Medieval aesthetics, on to the protagonist's relationship with the cities he travels through in Eur ope as well as with those he carries with him (the citi~s ofNortheast Brazil). The second part refers to the question of time in Avalovard. The analysis focusses on time and its implications both in the organization of the account and in the relation between man (or the character) and his own historical and formation processo The third and last part talks about creation and its challenges. Firstly, this part sheds light on the creator's struggle against the oppression that denies, contaminates and often drestroys him.And finally, this part presents the struggle between the creator and his creature. The creature, in this case, is the word.
Data de Defesa: 13-03-1997
Código: vtls000114307
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 1997
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Vilma Sant'Anna Areas
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Estudos da Linguagem
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Teoria e História Literária

Dono: admin
Criado: 14-05-2008 09:26
Visitas: 2979
Downloads: 154

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Dalcastagne, Regina.pdfDocumento PDF11491 Kb(11766870 bytes)5 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download