Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [Principal]: Raizes da criação da Universidade Federal do Acre
Autor(es): Manoel Severo de Farias
Palavras-chave [PT]:

Ensino superior - Brasil , Ensino superior e Estado , Universidade e filosofia , Desenvolvimento regional - Acre
Área de concentração: Filosofia da Educação
Titulação: Doutor em Educação
Banca:
Dermeval Saviani [Orientador]
Resumo:
Resumo: O presente trabalho tem por objetivo verificar os motivos que tornaram possível o surgimento do ensino superior no Acre em 1970. Partiu .se do pressuposto de que no cerne da motivação não havia uma proposta de Universidade que efetivamente visasse o desenvolvimento econômico, científico e cultural do Estado, mas apenas os interesses de alguns setores da sociedade local. Para a realização desta pesquisa tomou-se necessário compreender a evolução econômica e política pela qual passou a sociedade acreana, bem como o contexto econômico, político e educacional do país no período conhecido como "milagre brasileiro". Isto porque o contexto regional e nacional das décadas de 60 e 70 foram responsáveis pelas condições objetivas que possibilitarllil1 a criação dos primeiros cursos superiores e, posteriormente, da Universidade do Acre (DF AC). Segundo o discurso oficial, o surgimento da Universidade tinha como justificativas a elevação do nível cultural da população do Estado pela mediação da formação científica e técnica do educador escolar, além da qualificação de recursos hllil1mlOS para impulsionar o desenvolvimento estadual. Os dados arrolados, porém, mostraram que os interesses de uma elite pertencente à burocracia estadual - que pretendia ascender a cargos mais elevados -, respaldada por um modesto movimento estudantil - cujos líderes viam na obtenção de um diploma de nível superior, dada a validade objetiva do Estado, a única possibilidade de ascensão social - foram os principais alavancadores do processo que culminou com a criação da DF AC. Comprovou-se ainda, que as eleições para escolha de dirigentes universitários, na década de 80, conseguiu remover o autoritarismo do regime militar que marcou o surgimento e desenvolvimento da Universidade do Acre, .mas instalou o autoritarismo das assembléias. Tal autoritarismo, em nome da autonomia departamental, parece impedir que a comunidade universitária reflita coletivamente sobre as funções básicas da DFAC, tornando as ações ali realizadas fragmentadas e inviabilizando um projeto coletivo de Universidade onde as funções básicas de produção e socialização do conhecimento mereçam destaque
Data de Defesa: 17-05-1996
Código: vtls000105969
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 1996
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Dermeval Saviani
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Educação

Dono: admin
Criado: 22-08-2006 09:58
Visitas: 4742
Downloads: 84

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Farias, Manoel Severo.pdfDocumento PDF11387 Kb(11660465 bytes)5 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download