Consultar: Instituto de Estudos da Linguagem - IEL

Título [Principal]: Ontem e hoje : percurso linguistico dos pomeranos de Espigão D'Oeste-RO
Autor(es): Maria do Socorro Pessoa
Palavras-chave [PT]:

Sociolinguistica , Cultura , Bilinguismo
Titulação: Mestre em Linguistica
Banca:
Tania Maria Alkmim [Orientador]
Ingedore Villaça Koch
João Wanderley Geraldi
Resumo:
Resumo: A comunidade de Pomeranos, objeto desta pesquisa, é constituída por 70 (setenta) famílias que pertencem à Linha Figueira, quilômetro 19 e 21, na divisa do Município de Cacoal e Espigão D'Oeste, em Rondônia. É uma comunidade formada por descendentes de imigrantes que vieram da antiga Pomerânia (hoje, parte pertencente à Alemanha e parte à Polônia), para o Brasil, no fim do século passado (1870). A grande maioria dos primeiros pomeranos imigrados veio para o Espírito Santo e outros se deslocaram pelo Brasil. Várias famílias desses pomeranos que estavam no Espírito Santo, nos anos setenta (70) se estabeleceram em Rondônia. Por se terem mantido unidos, os pomeranos conservaram muitas de suas tradições, como a religião Luterana e muitos dos seus costumes de alimentação, arquitetura residencial. As festas tradicionais, como o casamento, representam um dos aspectos melhor preservado da cultura de origem. A comunidade de pomeranos conseguiu manter, durante algum tempo, em Espigão D'Oeste, um certo isolamento geográfico e cultural, porém, a migração para Rondônia acabou promovendo um processo de aculturação com reflexos no campo social, religioso, cultural e linguístico. A língua pomerana ainda é a língua da vida tradicional do grupo, utilizada no convívio diário entre seus membros e na prática de suas atividades econômicas e culturais. Mas, aos poucos, a língua portuguesa começa a penetrar na comunidade e podemos afirmar que os pomeranos de Espigão D'Oeste sofrem um processo de mudança linguística. A situação de contato linguístico com a sociedade regional provocou uma alteração na posição da língua pomerana dentro da comunidade em função da introdução da língua portuguesa. Este estudo apresenta a história desses pomeranos, destaca usos e costumes e tem como objetivo principal a história do percurso linguístico dessa comunidade, contemplando, particularmente, os fatores sócio-linguísticos de tal percurso. A investigação do percurso linguístico dessa comunidade parte de dados de sua história, procurando entender as mudanças softidas ao longo do tempo. Ao lado disso descreve a situação linguística atual da comunidade, considerando-se sua organização sócio-cultural e suas relações com a sociedade regional envolvente

Abstract: Pomeranos' community, this research's object, is formed by seventy families who belong to Linha Figueira, from kilometer 19 to 21, bordering Cacoal and Espigão D'Oeste, in Rondônia. It is a community formed by descending of immigrants who came from ancient Pomerânia (today part of it belongs to Germany and the other part belongs to Poland), to Brazil at the end of last century (1870). The most of the first imigrated pomeranos came to Espírito Santo and others moved themselves by Brazil. Several families from these pomeranos who were in Espírito Santo established themselves in Rondônia in 1970. Because they maintained themselves together, pomeranos preserved many of their traditions, as their Luteran religious, their cookery habits, residential architecture. Their traditional parties as marriages represent one of the appearance better conserved of their beginning culture. Pomeranos'community got, in Espigão D'Oeste, to maintain a kind of geographical and cultural isolation, but the actual contact with the .regional society is promoting an uncultural process which is reflected in social, religious, cultural and linguistic areas. Pomerânia's language is the traditional language of the group, available in their living together and in their economics and cultural activities. But, in a slow way, portuguese language is starting entering the community and we can assert that Espigão D'Oeste's pomeranos suffer a linguistic change. The situation of linguistic contact with the regional society promoted a disturbance in pomeranos language into the community because the introduction of portuguese language. This study presents those pomeranos' history, details their usages and customs and it has as principal objective their linguistc route's history, promoting, in a special way, the sociolinguistics factors of that route. The investigation about the linguistc route in this community comes from dates of her history, trying to understand the changes suffered during the time. Beside that, it describes the actuallinguistc situation in the community, considering the socio-cultural organization and their relationship in the regional involved society
Data de Defesa: 23-01-1996
Código: vtls000101925
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 1995
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Tania Maria Alkmim
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Estudos da Linguagem
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Linguística

Dono: admin
Criado: 16-04-2008 09:30
Visitas: 3641
Downloads: 49

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Pessoa, Maria do Socorro.pdfDocumento PDF41162 Kb(42149846 bytes)18 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download