Consultar: Faculdade de Odontologia - FOP

Título [Principal]: Contribuição ao estudo da farmacologia do enflurano : variações em diversos parametros fisiologicos e no equilibrio acido-basico de cães, na vigencia ou não da respiração controlada
Autor(es): Ana Maria Chagas
Palavras-chave [PT]:

Anestesicos - Efeito fisiologico
Área de concentração: Farmacologia
Titulação: Mestre em Ciencias
Banca:
Igor Vassilieff [Orientador]
Resumo:
Resumo: Neste trabalho estudou-se as alterações em diversos parâmetros fisiológicos e do equilíbrio ácido básico sanguíneo e do humor aquoso de cães anestesiados pelo pentobarbital sódico (30 mg/kg) e que receberam 3 ml/10 kg/5 min de enflurano pela via pulmonar, na vigência ou não da respiração controlada. A aplicação do enflurano em cães que respiravam espontaneamente causou hipotensão arterial de 46,2 mm Hg e uma diminuição da frequência respiratória de 50%. Nestes animais houve também um aumento da pressão intra-ocular de 7,8 mm Hg. A pressão venosa não apresentou alteração. Foram realizadas avaliações do equilíbrio ácido básico do sangue arterial e do humor aquoso, aos 10, aos 25 e aos 60 minutos da administração do enflurano, contudo as maiores alterações ocorrem aos 10 minutos. Após a administração do enflurano foi observado um aumento no PCO2 e uma diminuição do PO2 e do pH, o mesmo ocorrendo no humor aquoso. Como consequência da instalação da respiração controlada observou-se após 20 minutos hipocapnia, hiperóxia e aumento de pH do sangue arterial, como resultado uma diminuição de PCO2 e um aumento de PO2 do humor aquoso. A pressão intra-ocular e arterial apresentarem-se diminuídas, todavia a pressão venosa e a freqüência cardíaca não sofreram alterações. Nos animais com enflurano na vigência da respiração controlada, as alterações das pressões arterial, venosa e do equilíbrio ácido básico do sangue arterial não foram alteradas de modo significante mas a pressão intra-ocular diminuiu lentamente até 60 minutos alcançando valores de 6,8 mm Hg. No humor aquoso houve um aumento de pH, e de PO2, uma diminuição de PCO2 somente após 60 minutos da administração da droga. A diminuição da freqüência cardíaca foi semelhante àquela ocorrida em cães com respiração espontânea

Abstract: Not informed
Data de Defesa: 1975
Código: vtls000048586
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 1975
Local de Publicação: Piracicaba, SP
Orientador: Igor Vassilieff, Vera Silvia Vassilieff
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Ciências

Dono: admin
Criado: 18-09-2008 11:49
Visitas: 1317
Downloads: 21

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Chagas, Ana Maria.pdfDocumento PDF2762 Kb(2828663 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download