Consultar: Instituto de Biologia - IB

Título [Principal]: Estudo comparativo de processos de fracionamento aplicados a proteinas associadas ao carcinoma mamario humano
Autor(es): Silvia de Barros-Mazon
Palavras-chave [PT]:

Biologia - Imunologia - Pesquisa
Titulação: Mestre em Genética e Biologia Molecular
Banca:
Luiz Sebastião Prigenzi [Orientador]
Resumo:
Resumo: A partir de uma amostra de tecido mamário tumoral obteve-se dois fragmentos, denominados respectivamente fragmento 1 e fragmento 2, os quais foram submetidos independentemente a dois diferentes processos de fracionamento proteico, com o obJetivo de se comparar seus produtos resultantes. O primeiro processo de fracionamento, que foi aplicado ao fragmento 1, constituiu-se de cromatografia de exclusão (Bio-Gel A-50), seguida de cromatografia de troca iônica (DEAE - celulose) e resultou na eluição de quatro frações, denominadas respectivamente: FI/T; FII/T; FIII/T e FIV/T. Uma amostra de tecido mamário normal também foi submetida a este processo, tendo como resultantes as frações: FI/N e FII/N. O fragmento 2 foi submetido ao segundo processo de fracionamento, representado pelo emprego de cromatografia de afinidade (WGA - Sepharose 6 M8), que emitiu a obtenção da fração única, denominada F - NAG. Para efeito de analise comparativa, as diferentes frações protéicas foram submetidas: i) a analise eletroforetica em gel de poliacrilamida, na presença de SDS; 2) a analise imunoqu{mica, através de imunodifusio dupla e imunoeletroforese; 3) a analise do potencial de ligação lectina WGA_125I. A analise eletrofortica demonstrou a presença de vários componentes na fração FII/T, nio detectados nas fraç3es resultantes de tecido mam~rio normal, FI/N e FII/N. Alguns desses componentes encontraram correspondência na fração F-NAG, resultante da cromatografia de afinidade. Através da analise por imunodifusio foi possível detectar a presença de .componentes possivelmente associados ao tumor mamario, nas frações FI/T, FII/T, FIV/T e F-NAG. A analise imunoeletroforetica destas fraç3es permitiu esclarecer que o componente presente na fração F-NAG, com mobilidade ?alfa?2 era distinto do componente aparentemente comum presente nas demais fraç3es, cuJa mobilidade era ?beta?2. A analise do potencial de ligação WGA-125I revelou que somente a fração F-NAG continha componentes acessíveis ~ ligação com a lectina
Data de Defesa: 12-07-1988
Código: vtls000044462
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 1988
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Luiz Sebastião Prigenzi
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologia
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular

Dono: admin
Criado: 16-05-2007 10:10
Visitas: 1156
Downloads: 13

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Barros-Mazon, Silvia de.PDFDocumento PDF6369 Kb(6522018 bytes)3 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download