Consultar: Estudos da Linguagem - IEL

Título [PT]: A biblioteca infantil de Figueiredo Pimentel: tradução e adaptação de narrativas populares na segunda metade do século XIX
Autor(es): Suzana Palermo de Sousa
Palavras-chave [PT]:

Literatura Infantil, Figueiredo Pimentel, Conto popular
Palavras-chave [EN]:
Children’s Literature, Figueiredo Pimentel, Folk Tale
Titulação: Licenciatura em Letras – Português
Banca:
Orna Messer Levin [Orientador]
Resumo:
Resumo: Editores instalados no Rio de Janeiro exerceram um papel central no que se refere à oferta de livros infantis no mercado editorial, durante a segunda metade do século XIX. O presente estudo focaliza a produção e a comercialização de obras direcionadas à infância, debruçando-se sobre o trabalho de três editores de sucesso: Garnier, Laemmert e Quaresma. Observa-se que, a partir de 1850, os livreiros-editores europeus, Garnier e Laemmert, empenharam-se ativamente na oferta de traduções e adaptações de livros infantis oriundos, principalmente, da França e da Alemanha. Apenas no início da década de 1890, o editor brasileiro Pedro Quaresma entrou na competição pelo mercado de obras para a juventude, levando a esse público uma nova coleção, a Biblioteca Infantil. Para criá-la, o editor convidou o escritor Figueiredo Pimentel, que se tornou o coordenador e principal autor da coletânea. Pimentel reuniu na Biblioteca Infantil sete títulos, dentre os quais três livros de contos: Contos da Carochinha (1894), Histórias da Avozinha (1896) e Histórias da Baratinha (1896). Esses três volumes ganharam destaque no presente estudo, pois contêm vários contos de fadas extraídos de livros europeus, tais como os de Charles Perrault e dos irmãos Grimm, bem como narrativas pertencentes ao folclore brasileiro. Acredita-se que Figueiredo Pimentel tenha redigido para a Biblioteca Infantil uma nova versão de contos folclóricos do Brasil, supostamente, a partir da leitura da obra Contos populares do Brasil (1885), de Sílvio Romero, que havia recolhido em seu livro os contos mais famosos da tradição oral do país. Nos três volumes da Biblioteca Infantil, há vinte e um contos supostamente extraídos da obra de Romero. Realizou-se uma leitura comparada dos contos, a fim de determinar as adaptações empreendidas por Figueiredo Pimentel na passagem dos textos orais coligidos por Romero – os quais se destinavam ao público adulto – no intuito de direcioná-los às crianças.

Abstract: Editors hosted in Rio de Janeiro had a central role in the supply of children's books in the publishing market during the second half of the 19th. This paper focuses on the production and commercialization of children’s books, highlighting the work of three successful editors: Garnier, Laemmert and Quaresma. It is noted that, since 1850, the European book editors, Garnier and Laemmert, actively engaged in the translation and adaptation of books aimed to young people, mainly those from France and Germany. Only in the early 1890s, the editor Pedro Quaresma joined to the competition for children’s book trade, bringing to this audience a new collection, Biblioteca Infantil. To create it, the editor invited the author Figueiredo Pimentel, who became its coordinator and its the most important writer. Pimentel gathered in the Biblioteca Infantil seven titles, among which three tale books: Contos da Carochinha (1894), Histórias da Avozinha (1896) and Histórias da Baratinha (1896). These three volumes gained prominence in the present study, since they contain several fairy tales extracted from European books, such as those of Charles Perrault and the Grimm brothers, as well as narratives belonging to the Brazilian folklore. It is believed that Figueiredo Pimentel has written a new version of folk tales from Brazil, supposedly, from the reading of Sílvio Romero's Contos populares do Brasil (1884), who had collected in his book the short stories famous in the oral tradition of the country. In these three volumes of the Biblioteca Infantil, there are twenty-one stories supposedly extracted from the work of Romero. A comparative reading of the stories was carried out, in order to determine the adjustments made by Figueiredo Pimentel in the passage of the oral texts collected by Romero – which were intended for the adult audience – with the intention to direct them to the children.
Data de Defesa: 2017
Código: 81217

Dono: admin
Criado: 10-04-2018 15:05
Visitas: 570
Downloads: 934

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Sousa, Suzana Palermo de.pdfDocumento PDF1149 Kb(1176450 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download