Consultar: Produção Docente

Título [PT]: Métodos de estudo em ecossistemas costeiros: biodiversidade e funcionamento
Título [EN]: Methods of study in coastal ecosystems: biodiversity and functioning
Autor(es): Organizadores: Antônia Cecília Z. Amaral, Alexander Turra, Aurea Maria Ciotti, Carmen Wongtschowski, Yara Schaeffer-Novelli.
Palavras-chave [PT]:

Ciências biológicas, Métodos, Coleta e análise, Biodiversidade.
Palavras-chave [EN]:
Biological sciences, Methods, Collection and analysis, Biodiversity.
Resumo:
APRESENTAÇÃO: Considerando os grandes desafios para a realização de pesquisas integradas nos ambientes costeiro e marinho, este livro apresenta os métodos utilizados no desenvolvimento do projeto Biota-Araçá. Pretendemos detalhar a evolução do caminho metodológico seguido durante o desenvolvimento de um projeto multi e interdisciplinar que acomodou uma vasta gama de abordagens, cujos benefícios e limitações são discutidos. Não temos a pretensão de elencar abordagens metodológicas ou desenhos amostrais para serem incorpora-dos por outros estudos, já que estes devem ser delineados caso a caso para responderem questões específicas e ajustados às limitações para realização dos trabalhos em campo e em laboratório. Mas acreditamos que as reflexões e a curva de aprendizado aqui relatadas possibilitarão um referencial para futuros estudos. Nossos objetivos principais, descritos em maior detalhe neste livro, foram levantar a biodiversidade da Baía do Araçá e entender sua importância e seu funcionamento, o que demandou a utilização de diferentes estratégias, desenhos amostrais, equipamentos e abordagens analíticas. Uma importante característica deste projeto foi a necessidade de integração efetiva entre equipes de pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento. Essa integração demandou, por exemplo, maximizar os esforços em campo, com delineamentos amostrais e técnicas de amostragem compartilhadas. A estratégia de gestão do projeto também auxiliou na realização de um trabalho cadenciado e integrado, contando com a revisão contínua da evolução dos objetivos e o intercâmbio de resultados por intermédio da realização de workshops ao longo do desenvolvimento do projeto. Nessas ocasiões, houve o envolvimento direto da coordenação do projeto nas discussões e na mediação de conflitos, mas principalmente na articulação de parcerias para a produção de resultados que congregassem aspectos das diferentes áreas de estudo. O esforço resultou em incremento da colaboração entre pesquisadores, que já mostra benefícios concretos como publicações e formação de recursos humanos. A condição fundamental para que se alcançassem resultados fidedignos quanto aos estudos sobre biodiversidade foi a participação de taxonomistas – especialistas em diferentes grupos de organismos – os quais garantiram o rigor para a correta identificação de grande parte das espécies, tornando assim robustas as informações geradas, sendo elas de cunho ecológico, biológico ou de aplicação socioeconômica. Uma característica inédita do projeto foi a inclusão de objetivos gerais que pretendiam diagnosticar o uso dos recursos e dos serviços ecossistêmicos locais, além de elaborar um planejamento participativo, o qual demandou que os métodos de obtenção de resultados incluíssem diversos atores sociais, desde a fase de concepção do projeto. Dentre estes, destacamos a realização de diversas oficinas participativas que nortearam a elaboração de um Plano Local de Desenvolvimento Sustentável da Baía do Araçá – PLDS, com apresentação de opção de um planejamento adaptativo com a participação da sociedade. A subvenção do projeto pela FAPESP, por 5 anos ininterruptos, foi imprescindível para a magnitude e a relevância dos resultados alcançados. Ressaltamos também a valiosa oportunidade que o projeto trouxe para a formação de recursos humanos, destacando-se os alunos de graduação, pós-graduação e pós-doutorado que obtiveram auxílios da FAPESP, do CNPq e da Capes, formando um grupo multi-institucional e multidisciplinar. Dentro desse contexto, o livro foi estruturado em 17 capítulos, correspondentes aos módulos de pesquisa existentes no projeto. Estes foram estruturados em eixos temáticos, considerando variáveis ambientais, ecossistemas e interações tróficas, serviços ecossistêmicos e, por fim, bancos de dados. Dentre as variáveis ambientais foram abordados aspectos relacionados à batimetria, hidrografia e hidrodinâmica, à composição, distribuição e dinâmica do sedimento e à sua contaminação por hidro-carbonetos e metais. A biota foi estudada considerando seus diferentes sistemas: planctônico, nectônico (ictiofauna, avifauna, tartarugas e cetáceos), bentônico (substrato não consolidado e substrato consolidado) e manguezal. O funcionamento do ecossistema foi descrito com base nas interações tróficas que foram parametrizadas para construção de modelo de teia trófica. A análise dos serviços ecossistêmicos e da gestão integrada considerou um diagnóstico pesqueiro, a identificação e a valoração dos serviços ecossistêmicos prestados pela região, gerando a base do conhecimento para a discussão da importância da baía. Com base nos diferentes dados gerados pelo projeto e nos diferentes grupos sociais interessados na baía, foi realizado um amplo processo de mobilização e de planejamento participativo que culminou com a elaboração do PLDS. De forma inovadora, este projeto também criou uma infraestrutura de dados espaciais que permitiu o gerenciamento e o compartilhamento de informações, visando a fomentar ainda mais a integração entre os grupos de pesquisa participantes. Este livro sintetiza os desafios enfrentados para elaboração e execução de um projeto de pesquisa amplo e complexo. Ele apresenta os métodos de amostragem, as técnicas de laboratório e as análises dos dados utilizados, acompanhados por avaliações críticas que podem ser utilizadas como base para a estruturação de futuros estudos integrados na zona costeira. Coordenação: Antônia Cecília Z. Amaral, Alexander Turra, Aurea Maria Ciotti, Carmen Wongtschowski, Yara Schaeffer-Novelli.
Descrição:
Projeto Biota-Araçá.
Código: 80457
Informações adicionais:
334 p. (Formato PDF)
Ilustrado
Idioma: Português
Data de Publicação: 2018
Local de Publicação: Campinas, SP
ISBN (e-Book): 978-85-85783-81-5
UNICAMP: Instituto de Biologia

Dono: gilmar
Criado: 07-03-2018 07:52
Visitas: 1008
Downloads: 418

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
BIOTA-12.03.pdfDocumento PDF36314 Kb(37185447 bytes)16 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download