Consultar: Estudos da Linguagem - IEL

Título [PT]: Pesquisa qualitativa e paradigma indiciário: reflexões sobre metodologia
Autor(es): Melissa Raquel Zanetti Franchi
Palavras-chave [PT]:

Metodologia qualitativa, Paradigma indiciário, Neurolinguística, Afasia
Palavras-chave [EN]:
Qualitative methodology, Indiciary paradigm, Neurolinguistics, Aphasia
Titulação: Licenciado em Letras - Português
Banca:
Rosana do Carmo Novaes Pinto [Orientadora]
Mirian Cazarotti Pacheco [Co-orientadora]
Resumo:
Resumo: É escopo desta monografia investigar o modo como se dá o importante afinamento entre o que se estuda em pesquisas qualitativas e seus aspectos teórico-metodológicos, privilegiando questões acerca do paradigma indiciário (GINZBURG, 1986/2003) que vem orientando as análises na área de Neurolinguística enunciativo-discursiva. Esse modelo epistemológico será abordado também em sua relação com a lógica abdutiva proposta por C. S. Peirce (DUARTE, 1999; CAZAROTTI-PACHECO, 2012; PONZIO, 2009/2013). Respaldamo-nos nos trabalhos de Freitas (2002), Novaes- Pinto (2012a) e Damico et al (1999), no que diz respeito à abordagem sócio-histórico-cultural, na qual o homem, na sua condição de sujeito, é constituído na e pela linguagem, na sua própria experiência de mundo e contexto sociocultural. Consideramos que a interação entre pesquisador e pesquisado consiste em uma relação entre sujeitos (FREITAS, 2002), ocasionando recíproca transformação. Este trabalho, inicialmente, apresenta um levantamento bibliográfico de estudos que se utilizaram dessa opção metodológica e, em seguida, analisa dois episódios dialógicos de sessões do Centro de Convivência de Afásicos (IEL/Unicamp), com o objetivo de dar visibilidade às questões deste estudo, enfatizando nossa preocupação com processos e não com produtos (VYGOTSKY, 1984/2003).

Abstract: It is the scope of this monographic paper to investigate the crucial tuning between what is studied in qualitative research and its theoretic-methodological aspects, privileging topics concerning the indiciary paradigm (GINZBURG, 1986/2003), which has been guiding the analyses in the field of Neurolinguistics of enunciative-discoursive perspective. Such epistemological model will also be approached in its relation with the abductive reasoning proposed by C. S. Peirce (DUARTE, 1999; CAZAROTTI-PACHECO, 2012; PONZIO, 2009/2013). Our discussion is based on the works of Freitas (2002), Novaes-Pinto (2012a) and Damico et al (1999), regarding the social-historical-cultural approach, in which man, in its condition of subject, is constituted in and by language, in his own experience in the world and his sociocultural context. We consider that the interaction between the researcher and the researched subject consists of a relation between subjects (FREITAS, 2002), resulting in mutual transformation. This paper, initially, presents a bibliographical review of studies that used such a methodological option and, then, analyzes two dialogical episodes of sessions that took place at the Centro de Convivência de Afásicos (IEL/Unicamp), aiming to give visibility to the topics of this study, emphasizing our concern with processes rather than with products (VYGOTSKY, 1984/2003).
Data de Defesa: 2014
Código: 59331

Dono: admin
Criado: 20-03-2015 16:55
Visitas: 793
Downloads: 465

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Franchi, Melissa Raquel Zanetti.pdfDocumento PDF435 Kb(445038 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download