Consultar: Estudos da Linguagem - IEL

Título [PT]: Sexualidade e homofobia: representações de alunos de um cursinho pré-vestibular
Autor(es): Vinícius Giro Teixeira
Palavras-chave [PT]:

Linguística aplicada, Identidade social, Sexualidade, Ativismo político na internet
Palavras-chave [EN]:
Applied linguistics, Social identity, Sexuality, Political activism in the internet
Titulação: Licenciado em Letras – Português
Banca:
Terezinha de Jesus Machado Maher [Orientador]
Resumo:
Resumo: Esta Monografia pretende discutir o modo como as identidades homossexuais e a homofobia são representadas por um pequeno grupo de estudantes de um curso pré-vestibular popular, a partir do modo como elas são veiculadas em vídeos da internet que abordam essa questão. Para embasar a análise de dados, o trabalho se apoia em teorias pós-modernas de construção da identidade. O presente estudo monográfico toma como base trabalhos produzidos na Linguística Aplicada e na Antropologia e toma como referência, para as concepções de identidade, Woodward (2000), Hall (1998) e Silva (2009), bem como o conceito de gênero e sexualidade de Louro (2003, 2008), Moita Lopes (1994, 2002, 2005, 2010) e Butler (2012). Os dados analisados foram gerados, primordialmente, durante discussões, gravadas em áudio digital, ocorridas em um Grupo Focal realizado no curso pré-vestibular em questão. Textos escritos produzidos pelos alunos, após essas discussões, também são considerados, em menor escala, na análise de dados. A pesquisa é de base qualitativa/interpretativista e está inserida no campo dos estudos em Linguística Aplicada, já que leva em consideração os fatores contextuais e a linguagem em práticas sociais. Toma-se como pressuposto o fato de que o espaço escolar é importante para o modo como as identidades sociais são construídas, disseminadas e reiteradas na sociedade e que o discurso dos vídeos de ativismo político gay podem se constituir em meios para desestabilizar conceitos aí pré-existentes. Alguns dos excertos analisados refletem o espelhamento de preconceitos contra gays existentes na sociedade. Além disso, observou-se também a existência de posicionamentos mais críticos em relação à questão.

Abstract: This study intends to discuss the way homosexual identities and homophobia are represented by a small group of students who were attending a pre-university course taking into account video programs available in the Internet. The theoretical support used in data analysis is based in post-modern identity construction theories. Studies conducted on the fields of Applied Linguistics and Anthropology, such as Woodward (2000), Hall (1998) e Silva (2009), are used as references to discuss the notion of identity construction. The concept of gender identity and sexuality are discussed taking into account Louro (2003, 2008), Moita Lopes (1994, 2002, 2005, 2010) e Butler (2012). Data was generated along tape-recorded discussions that occurred along a Focal Group activity carried on in the referred course. Written texts produced by the students after such discussions were also considered, to some extent, in data analysis. The investigation is a qualitative/interpretative study and it is affiliated to the field of Applied Linguistics, which implies that it considers contextual factors and language as social practice. It presupposed, in the first place, that schools are important locus in which social identities are constructed, disseminated and reinforced and, secondly, that gaypolitical discourses can become means to destabilize preconceived concepts that exist in education institutions. Some of the analyzed chunks of discourse mirrored prejudice against gay people that exists in society. On the other hand, the existence of more critical stances regarding such social group was also observed.
Data de Defesa: 2014
Código: 59299

Dono: admin
Criado: 20-03-2015 14:20
Visitas: 763
Downloads: 624

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Teixeira, Vinícius Giro.pdfDocumento PDF924 Kb(946599 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download