Consultar: Estudos da Linguagem - IEL

Título [PT]: A linguística e o ensino de ciência na escola
Autor(es): Edsel Rodrigues Teles
Palavras-chave [PT]:

Gramática, Linguística, Procedimento científico
Palavras-chave [EN]:
Grammar, Linguistics, Scientific procedure
Titulação: Bacharel em Linguística
Banca:
Ruth Elisabeth Vasconcellos Lopes [Orientador]
Resumo:
Resumo: Este trabalho tem o intuito de apresentar uma maneira diferente de conceber o ensino de ciência na Educação Básica por meio do trabalho com gramática, dando a essa disciplina novos sentidos de existência na grade curricular dos ensinos Fundamental e Médio. Objetiva mostrar como a aula de língua portuguesa, ao contrário do que se possa pensar à primeira vista, pode ser um espaço de discussão e aprendizado do fazer científico, especialmente se o trabalho com a gramática estiver alinhado às perspectivas da linguística. O início do trabalho atenta para a necessidade de reavaliar como a ciência tem sido encarada na escola. Em seguida, o texto oferece a linguística e a gramática como possibilidades para alterar esse status quo. Passa-se então a argumentar a favor do novo olhar, apresentando uma experiência desenvolvida em escolas dos Estados Unidos que utiliza o trabalho com gramática como ferramenta para aprendizado do expediente científico. Depois, explora-se a aula de língua materna como lugar para aprender ciência. Explicita-se qual é o tipo de ciência a ser priorizado por um trabalho como esse e, finalmente, traz-se um exemplo de como a proposta pode ser concretizada no dia a dia do professor de português. A testagem do material produzido ao longo do trabalho em salas de aula reais evidencia a possibilidade de seu sucesso, trazendo fôlego à perspectiva e a necessidade de mais reflexões a seu respeito.

Abstract: This work aims to present a different perspective of teaching science during Basic Education by means of using grammar, giving to this discipline new existence meanings in the curriculum of Brazilian Elementary and High Schools. The main goal is to show that Portuguese classes can be a rather interesting space for discussion and learning of the scientific way of thinking, especially if the work with grammar is based on conceptions from Linguistics. The beginning of the work highlights the need of re-evaluating how science has been understood and taught in Brazilian schools. Then, the text offers Linguistics and grammar as possibilities to change this status quo. Later on, some arguments are presented in order to defend this new point of view. The first one is an American experience that uses grammar as a tool for teaching science. After this, the mother tongue class is shown as a space to learn science. The kind of scientific procedure prioritized in this work is explained at this point and, finally, the text brings an example of how this proposal can be implemented in Portuguese teachers’ routines. Testing classes with this material shows evidence of its potential success. This brings new breath to the perspective as well as the need for more reflections upon this issue.
Data de Defesa: 2012
Código: 54569

Dono: admin
Criado: 14-06-2013 17:18
Visitas: 1883
Downloads: 1793

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Teles, Edsel Rodrigues.pdfDocumento PDF499 Kb(511033 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download