Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Exclusão escolar influenciada pela desigualdade social
Autor(es): Cintia Karina de Andrade Giacomelli
Palavras-chave [PT]:

Trabalho de conclusão de curso, Memorial, Experiência de vida, Prática docente, Formação de professores.
Área de concentração: Programa Especial de Formação de Professores em Exercício
Titulação: Licenciatura em Pedagogia
Resumo:
O eixo temático do meu trabalho estará centrado na Desigualdade SociaL e conseqüentemente o fracasso escolar evidenciado por altos índices de analfabetismo. Nosso país está entre os mais desiguais do mundo, apesar da geração de empregos formais e transferências governamentais para programas sociais; porém o acesso a educação é um dos elementos fundamentais entre as causas da desigualdade social já que toda sociedade dividida por classes, tem a escola como uma reprodutora social. A escolha deste eixo temático surgiu como resultado de muitas reflexões,ou melhor, dizendo, de minhas inquietações a respeito dessa situação cada vez mais presente no cotidiano escolar, que é a exclusão e a evasão escolar. Para mim, a verdadeira função que a escola deveria ter é a de promover igualdade social.. O professor tem o grande papel de promover a igualdade em sala de aula, mas sobre tudo é preciso que este estude, se forme, se dedique; pois caso contrário não haverá construção de igualdade. E no entanto, as escolas de hoje vem promovendo desigualdades sociais através das discriminações e marginalizações sofridas pelos alunos das classes populares, principalmente quando a escola transforma as diferenças lingüísticas desses alunos em deficiência, assim acaba fugindo da sua verdadeira função, que é democratizar o saber formal, e preparar o individuo seja ele pertencente a qualquer camada social para o desempenho de diferentes papéis sociais. Mas infelizmente a escola que deveria ser de todos, tende a rotular aquele aluno que não pode acompanhar um currículo escolar que foi pensado para a elite em tempos passados. Em busca de caminhos para superar a exclusão, é importante restabelecer as bases de uma educação, uma economia e uma política, que permitam relações humanas com princípios de solidariedade. A educação é uma das a ferramentas para a construção de uma sociedade mais humana. Muitos estudos têm-se dedicado a compreensão das causas do fracasso escolar da criança ao longo dos tempos. Dentre as causas apontadas nos estudos temos a influência das diversas origens sociais, as práticas pedagógicas, o professor e a linguagem escrita predominando sobre a linguagem oral. “A causa do fracasso passa, assim , a ser situada na própria criança, que de vitima se transforma em réu. Dizemos vitima porque, segundo este ponto de vista, esquecemos de considerar que esta criança sofre as conseqüências de um sistema educacional perverso, que não lhe oferece as condições necessárias para se apropriar do conhecimento dito formal, cientifico ou padronizado (ou seja o conhecimento que a escola objetiva transmitir)” ( COSTA, 2003) O educando de classes sociais desfavorecidas, são os mais prejudicados, pois são julgados pela sociedade como incapazes, desprovidos de habilidades intelectuais e emocionais, com isso são novamente excluídos. Não devemos esquecer que eles não apresentam as habilidades e as competências, porque as escolas e o ambiente no qual estão inserido não lhes permitiram que os tivesse. O fracasso escolar destes alunos quando iniciaram na escola, muitas vezes foram devido a uma péssima avaliação, onde continham apenas instrumentos que os medissem por notas e conceitos e não por uma avaliação do seu contexto social. Foi sob esta ótica que comecei a pensar meu memorial e é sob esta ótica que pretendo descrever a metamorfose pela qual estou passando , enquanto mulher, professora e ser humano, e assim vou escrever sobre minhas experiências pessoais articulando-as ao embasamento teórico adquirido no decorrer do curso.
Descrição:
Memorial apresentado ao Curso de Pedagogia – Programa Especial de
Formação de Professores em Exercício nos Municípios da Região Metropolitana de Campinas, da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, como um dos pré-requisitos para conclusão da Licenciatura em Pedagogia.
Código: 41232
Informações adicionais:
Formandos 2008 - Turma G
CDD - 370.92

Dono: admin
Criado: 01-09-2010 14:20
Visitas: 891
Downloads: 554

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Giacomelli_CintiaKarinaAndrade_TCC.pdfDocumento PDF185 Kb(189092 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download