Consultar: Faculdade de Educação - FE

Titulo Principal: Cotidiano Escolar
Autor(es):

Andrea Cristina Azure
Palavras-chave [PT]:
Trabalho de conclusão de curso, Memorial, Experiência de vida, Prática docente, Formação de professores.
Área de concentração: Programa Especial de Formação de Professores em Exercício
Titulação: Licenciatura em Pedagogia
Resumo:
“Para começar, é preciso 'notar' que também vivo e produzo conhecimentos no cotidiano todos os dias.” (ALVES, 2004, p.16) A narrativa deste memorial consiste em levar o leitor a percorrer os corredores escolares, as salas de aula que fiz presente, dentro de uma ótica estudantil e profissional. Aparecem algumas experiências adquiridas dentro das escolas, como aluna, há mais de uma década e como profissional da educação há menos de cinco anos, concomitante com a Formação de Professores em Exercício (PROESF). Procurei um tema em que pudesse falar um pouco de tudo que tem me acontecido nesta trajetória. Não posso ocultar que fiquei um tanto insegura, pois o assunto é abrangente, difícil falar de tudo que acontece neste cotidiano. Essa é uma das complexidades do tema: a existência de inúmeros assuntos a serem abordados. Resolvi me ater então, onde passo e passei maior parte do tempo dentro deste: a sala de aula. Outra complexidade é que muito do que aprendemos em nossas ações cotidianas são conhecimentos vivenciados por nós mesmos. Aprendemos, mas não sistematizamos esses saberes. E segundo a ciência moderna, é preciso separar o sujeito do objeto para um melhor entendimento do assunto abordado. E como somos o sujeito / objeto do próprio conhecimento, fica extremamente complicado escrever sobre ele. O começo do trabalho foi apenas coletando materiais e registros que fiz durante o curso. Pesquisando, lendo, registrando, para depois montar o esquema deste memorial. Dentro desta formação, aprendi algo muito significativo: a lógica do sistema capitalista. E que nem de longe a escola deixa de ser um aparelho ideológico do estado ou da sociedade. Ela está para favorecer a classe dominante e desfavorecer a classe operária. Como está escrito nas sagradas escrituras, “Ninguém pode servir a dois senhores...”(MATEUS, apud ALMEIDA, 1998, CAP. 6, V.24). Adquirindo a formação acadêmica entre uma e outra formação continuada, estando ao mesmo tempo dentro do ambiente escolar, acabei compreendendo que tudo tem um sentido, um meio que justifica os fins. Se antes, não conseguia ter uma visão do “todo” dentro da escola, hoje posso juntar às peças deste imenso quebra-cabeça ideológico, que são as influências externas dentro do contexto escolar, entendo que: tudo tem uma lógica por estar organizado “desta” e não de outra maneira. As salas de aula, a ordem, o silêncio que cobramos, os alunos enfileirados, as idas controladas ao banheiro, a cantina, o refeitório, a direção; são ilustrações em nome da preparação do futuro, do homem e a produção do trabalho. Parece inevitável que muito do que acontece neste cotidiano, acaba passando despercebido. Então, como autora/participante destra obra, começo a investigar o meu próprio local de trabalho, fazendo relações entre o que aprendia na faculdade ao que vivia na escola, ao mesmo tempo puxando ganchos com a minha própria história. Escrevendo este memorial de formação acabei teorizando, pensando e vivendo este cotidiano. Produzindo assim novos caminhos e paradigmas para minha prática pedagógica. De maneira que repensando esta prática, reconstruo uma nova maneira de estar na escola.
Descrição:
Memorial apresentado ao Curso de Pedagogia – Programa Especial de
Formação de Professores em Exercício nos Municípios da Região Metropolitana de Campinas, da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, como um dos pré-requisitos para conclusão da Licenciatura em Pedagogia.
Código: 41215
Informações adicionais:
Formandos 2008 - Turma G
CDD - 370.92

Dono: admin
Criado: 01-09-2010 13:56
Visitas: 712
Downloads: 446

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Azure_AndreaCristina_TCC.pdfDocumento PDF863 Kb(884181 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download