Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Um olhar reflexivo sobre a infância e o brincar na Educação infantil
Autor(es): Sueli Salvador Manoel Carolino
Palavras-chave [PT]:

Trabalho de conclusão de curso, Memorial, Experiência de vida, Prática docente, Formação de professores.
Área de concentração: Programa Especial de Formação de Professores em Exercício
Titulação: Licenciatura em Pedagogia
Resumo:
Este presente trabalho tem como objetivo narrar e resgatar memórias, que com o passar do tempo julgava estarem esquecidas. Por se tratar de um memorial, primeiramente faço um relato sobre minha infância, a forma como brincava e, posteriormente, sobre a importância das crianças vivenciarem estas brincadeiras dentro da escola. Mas para que isso ocorra, é necessário que seja propiciado às crianças um ambiente adequado, onde possam brincar espontaneamente, experimentando situações novas ou mesmo de seu cotidiano, sem a intervenção contínua do adulto. Este, em muitos casos, impõem as regras, impedindo que as crianças exerçam a capacidade de pensar formas alternativas para o brincar. Trabalho na área da Educação Infantil há dezesseis anos, e tenho grande identificação com essa área. Embora tudo o que tenha vivido dentro do Proesf tenha sido muito importante, os assuntos relacionados com a educação infantil foram os que me levaram a refletir sobre algumas posturas tomadas em relação ao brincar nessa etapa da educação. Ao longo desses anos trabalhando com crianças, percebo que através das brincadeiras elas aprendem muito mais do que ficando sentadas em sala de aula. De acordo com Fontana (1997), “O brincar é uma atividade fundamental da criança. Ela brinca na rua, na casa, na escola, pela brincadeira, ela fala, pensa, elabora sentidos para o mundo, para as coisas, para as relações. Pela brincadeira, objetos e movimentos são transformados. As relações sociais em que a criança está inserida são elaboradas, revividas, compreendidas. Brincando de casinha, de médico, de amarelinha, de bolinhas de gude ou pião, a criança se relaciona com seus companheiros, e com eles, num movimento compartilhado, dá sentido às coisas da vida.”( p.118) Portanto, esse será o enfoque do meu memorial: como a infância está sendo vivenciada nos dias de hoje. Em seguida, farei um comentário sobre a importância do brincar no desenvolvimento da criança, os direitos das mesmas, os profissionais que atuam na área, com espaço físico e sua organização. Na educação infantil, a criança precisa vivenciar sua infância através da brincadeira, pois é assim que ela irá assumir um papel importante na construção do conhecimento e no seu desenvolvimento infantil. È através do brincar, também, que a criança irá explorar o mundo ao seu redor, descobrir e compreender ela própria seus sentimento.
Descrição:
Memorial apresentado ao Curso de Pedagogia – Programa Especial de
Formação de Professores em Exercício nos Municípios da Região Metropolitana de Campinas, da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, como um dos pré-requisitos para conclusão da Licenciatura em Pedagogia.
Código: 41102
Informações adicionais:
Formandos 2008 - Turma J
CDD - 370.92

Dono: admin
Criado: 01-09-2010 10:05
Visitas: 868
Downloads: 458

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Carolino_SueliSalvadorManoel_TCC.pdfDocumento PDF190 Kb(194093 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download