Consultar: Faculdade de Educação - FE

Titulo Principal: A arte e a sensibilidade da criança
Autor(es):

Sofia Fernandez Macedo
Palavras-chave [PT]:
Trabalho de conclusão de curso, Memorial, Experiência de vida, Prática docente, Formação de professores.
Área de concentração: Programa Especial de Formação de Professores em Exercício
Titulação: Licenciatura em Pedagogia
Resumo:
A princípio, a proposta do MEMORIAL, era um bicho de sete cabeças, para mim, mas no decorrer do curso, mais exatamente quando vimos à disciplina de “artes” que era ministrada pelo auxiliar pedagógico Perci, que no dia 23 de outubro de 2006, em um seminário desta mesma disciplina, comecei a perceber que o “bicho de sete cabeças só tinha uma cabeça”! Comecei a perceber que não seria tão difícil assim, pois a partir desta disciplina muita coisa mudou em minha pratica pedagógica, até então, eu gostava de trabalhar com musica, histórias, fantoches, pinturas, coisas que distraíam as crianças. Mas nada com uma base teórica, e sim por ter vivenciado essa experiência em minha infância. Na década de 70, e com uma situação financeira não muito boa, minha mãe sempre dava um “jeitinho” de arrumar algo novo e diferente para brincar com os quatro filhos pequenos. E para isso ela se utilizava das coisas mais diversas, retirava idéias de onde ninguém imaginava, por exemplo: usava batatas, cenouras, chuchus, que viravam bonecos, personagens de alguma história que ela mesma inventava também nos divertíamos com os carimbos por ela criados. Minha mãe também fazia massinha de modelar caseira, e nós participávamos entusiasmados de todo o processo. Na hora de modelar quase sempre não conseguíamos fazer os bonecos de massinha, nem mesmo parecidos com os que ela fazia, mas nem por isso nos desanimava, dizia que os nossos eram integrantes do “BARBAPAPA”, antigo programa infantil, no qual os bonecos eram feitos de massinha, e não tinham muita estética. A partir das aulas de Teoria e Produção em Artes, essas lembranças da minha infância vieram à tona, e contribuíram muito para o enriquecimento de minha prática pedagógica, pois percebi que, unindo o que vivenciei com minha mãe, mais a prática teórica que adquiri no PROESF, percebi o quanto é importante o conhecimento teórico para um melhor aproveitamento do desenvolvimento afetivo, social, perceptivo motor e cognitivo da criança. Estudando os diversos autores dessa área e relacionando-os de modo a sustentar nossa prática, percebemos que o uso da Arte na Educação só tem a enriquecer o nosso trabalho, especialmente considerando o caráter humano de nossa área, podendo inclusive, proporcionar prazer pelo prazer... Essa disciplina pode ser de muito valor na educação, e engrandecedora da humanidade, por trabalhar todos os sentidos do ser, ela sendo aplicada corretamente, pode auxiliar na educação prazerosa e na construção de cidadãos melhores, que respeitem mais aos outros e a si próprios, ou seja, a “ARTE” em seu pleno conceito por uma melhor qualidade de vida. Desse modo, pretendo aqui abordar a relação entre a minha vivência com arte, sua fundamentação teórica e a minha prática pedagógica.
Descrição:
Memorial apresentado ao Curso de Pedagogia – Programa Especial de
Formação de Professores em Exercício nos Municípios da Região Metropolitana de Campinas, da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, como um dos pré-requisitos para conclusão da Licenciatura em Pedagogia.
Código: 41098
Informações adicionais:
Formandos 2008 - Turma J
CDD - 370.92

Dono: admin
Criado: 01-09-2010 09:58
Visitas: 1545
Downloads: 1785

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Macedo_SofiaFernandez_TCC.pdfDocumento PDF169 Kb(173217 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download