Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Memorial de formação – estágio e o trabalho coletivo
Autor(es): Paula Bagattini Portella
Palavras-chave [PT]:

Estágio; Educação infantil; Ensino fundamental; Educação não-formal
Área de concentração: Coordenação de Pedagogia
Titulação: Licenciado em Pedagogia
Resumo:
Resumo: São grandes as diferenças entre o ingressante do curso de Pedagogia e o estudante de quarto ano, e o estágio desempenha papel fundamental no processo de formação e de avaliação dos objetivos do profissional docente. As disciplinas de estágio nos fazem rever tudo o que pensamos já saber sobre “dar aula”, e fica a certeza de que de fato boa vontade é uma coisa, compromisso com reflexão e emancipação intelectual é outra. Na perspectiva do memorial de formação, os professores passam a ser encarados como sujeitos ativos do processo de produção de conhecimento, e essa produção começa no registro de suas memórias, de suas expectativas, de suas boas e más idéias, de suas trocas com outros professores. A vivência do estágio assume caráter essencial para o professor em formação no sentido de mostrar que teoria e prática não são independentes. O professor em exercício também ganha com a inserção do aluno de graduação, que traz uma visão que só o olhar externo pode dar a respeito das contradições de sua prática. Do estágio em Ensino Fundamental tira-se que a prática docente consciente de seus objetivos é essencial para romper com o ciclo orquestrado de ação e reação que se dá em sala de aula, reduzindo o processo de ensino-aprendizagem a um mero cumprir de papéis. Do estágio em Educação Infantil fica o valor da observação crítica. Observando, podemos perceber claramente as relações de gênero, as relações entre adultos e crianças, as relações entre as próprias crianças, a influência das políticas públicas no espaço físico e nas relações. O estágio em Educação Não-Formal acaba por valorizar o espaço escolar: a escola é vista como parte fundamental da formação do cidadão. As possibilidades que se abrem com a educação não-formal são muitas, e o caráter flexível dessas instituições confere uma plasticidade que só agrega valor ao trabalho do professor/educador/pedagogo.
Data de Defesa: 2008
Descrição:
Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade de Educação da UNICAMP, como exigência para a conclusão do curso de Pedagogia, sob a orientação do Prof. Dr. Guilherme do Val Toledo Prado.
Código: 36740
Informações adicionais:
TCC/UNICAMP - P832m

Dono: fe_nb
Criado: 17-08-2009 15:29
Visitas: 1908
Downloads: 8042

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Portella, Paula Bagattini_TCC.pdfDocumento PDF156 Kb(159922 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download