Consultar: Seminário Internacional de Bibliotecas Digitais Brasil - SIBDB, São Paulo, 2007

Título [PT]: Formação e aprimoramento contínuo frente aos novos ambientes digitais em bibliotecas universitárias: relato de experiência.
Autor(es): Maria Helena Souza Ronchesel; Mônica Alves Moreira Bucci; Marcelo Cardoso Freitas Gonçalves
Palavras-chave [PT]:

Profissionais da informação; Bibliotecas universitárias; Ambientes digitais.
Área de concentração: Eixo Temático: Os Profissionais das Bibliotecas Digitais
Resumo:
O uso das novas tecnologias da informação no ambiente de bibliotecas universitárias faz com que os profissionais que nelas atuam percebam mudanças constantes na forma de preparar e disponibilizar a informação. Essas mudanças requerem o desenvolvimento de novas habilidades por parte desses profissionais. Neste contexto, temos a equipe do Serviço de Aquisição e Processos Técnicos do Serviço de Biblioteca e Documentação “Prof. Dr. Antônio Gabriel Atta” da Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (SBD/FOB-USP) que se defrontou com a questão “Mas como mudar?”. Tal questionamento está diretamente ligado na capacidade de utilizar novas tecnologias no processo de preparo e disponibilização da informação, onde o produto final oferecido aos usuários deve possibilitar ao mesmo transformar a informação em conhecimento. O objetivo geral deste trabalho é relatar os questionamentos da equipe do Serviço de Aquisição e Processos Técnicos do SBD/FOB-USP sobre a necessidade de desenvolver novas competências e habilidades para atuar junto aos novos ambientes digitais. Considerando que as tecnologias da informação e os novos ambientes digitais estão agindo diretamente no modo de ser e de atuar dos profissionais da informação, destaca-se que os mesmos devem ter: uma visão focada no ser humano; trabalhar em equipe de forma compartilhada; capacitar e avaliar a informação; possuir uma visão sistêmica da realidade, possibilitando a criação e inovação no seu campo de trabalho. Quando mencionamos o termo equipe, temos em mente que cada membro possui grau de responsabilidade diferenciado, porém, ao tratarmos especificamente de bibliotecas universitárias, optamos por uma visão sistêmica dos profissionais da informação. Uma pesquisa realizada pela Federação Internacional de Informação e Documentação (FID) em 1991 constatou que a tecnologia desponta como propulsora das principais modificações no perfil desses profissionais, seguida por elementos de gestão organizacional e do trabalho, tais como: identificação do trabalho, aumento da responsabilidade individual, influência do mercado internacional e da competitividade e outros. Para os profissionais da informação torna-se difícil reunir todas as habilidades, conhecimentos e competências necessárias para interagir e solucionar as situações oriundas da aplicação das tecnologias da informação nas bibliotecas universitárias. Este desafio só será superado através de formação e aprimoramento contínuo. Com base no desenvolvimento deste estudo é possível constatar que frente às tecnologias de informação faz-se necessária, por parte dos profissionais da informação, a busca permanente pela formação e aprimoramento contínuo com ênfase ao desenvolvimento de competências técnicas e sua associação à capacidade de decisão, adaptação e comunicação. Diante deste cenário, os profissionais do Serviço de Aquisição e Processos Técnicos do SBD/FOB-USP estão procurando desenvolver essas novas competências e habilidades através de iniciativas individuais ou na participação de cursos e/ou eventos patrocinados pelo Programa de Capacitação do Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de São Paulo.
Código: 23545
Informações adicionais:
Trabalho apresentado no Seminário Internacional de Bibliotecas Digitais Brasil – SIBDB 2007

Dono: admin
Criado: 28-10-2007 10:56
Visitas: 1269
Downloads: 926

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
01 - Ronchesel, Maria Helena Sousa.ppsApresentação PowerPoint137 Kb(139776 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download