Consultar: Faculdade de Educação - FE

Titulo Principal: Memorial de formação
Autor(es):

Rejane Cardoso de Lima Roson
Palavras-chave [PT]:
Trabalho de conclusão de curso, Memorial, Experiência de vida, Prática docente, Formação de professores.
Área de concentração: Programa Especial de Formação de Professores em Exercício
Titulação: Licenciatura em Pedagogia
Resumo:
“A vida não é o que a gente viveu, e sim a que a gente recorda,e como recorda para contá-la.” Gabriel Garcia Márquez Essas palavras de Gabriel Garcia Marques, em Viver para contar, resume as minhas memórias nesse trabalho. Memórias da minha vida e experiência de aluna, inicialmente, e de professora, no segmento da minha trajetória profissional, antes e depois do curso do Proesf (PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM EXERCÍCIO) É minha identidade profissional, fruto de uma jornada árdua, porém sonhada durante anos. Foi escrito com o intuito de que possa ser um ponto de partida, não de chegada, pois acredito que enquanto estiver vivendo sempre buscarei aprimorar meus conhecimentos. No capítulo um contextualizo o leitor escrevendo sobre o lugar, a época, as pessoas com quem convivi e como voltar para a Universidade contribuiu para que eu pudesse fazer uma retomada do meu papel como educadora e mediadora e não mais como detentora do saber. Do capítulo dois ao capítulo nove explanarei como as disciplinas: artes, educação física, história, geografia, ciências, matemática e língua portuguesa, ministradas durante o curso e presentes na minha grade curricular durante toda minha vida de aluna e atualmente de professora proporcionaram transformações no meu trabalho docente , pois passei a questionar-me sobre que tipo de cidadão pretendia formar: homens livres ou dominados? Cidadãos críticos ou meros espectadores? Essas questões conduzem-me a referenciar Paulo Freire, 1990 p.31 quando diz que: O papel mais importante da pedagogia crítica não é terminar com as tensões[...] é levar os alunos a reconhecer as diversas tensões e habilita-los a lidar com elas eficientemente. Tentar negar essas tensões acaba por negar o próprio papel da subjetividade. A negação da tensão significa a ilusão de ter superado essas tensões quando, na verdade elas estão apenas ocultas. No desfecho do meu memorial, em minha reflexão ante uma memória, relato as conclusões a que cheguei resgatando, refletindo e descobrindo através desses anos a importância da minha profissão, das professoras e dos pesquisadores doutores da UNICAMP na minha trajetória pessoal e profissional.
Data de Defesa: 2005
Descrição:
Memorial apresentado ao Curso de Pedagogia – Programa Especial de
Formação de Professores em Exercício nos Municípios da Região Metropolitana de Campinas, da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, como um dos pré-requisitos para conclusão da Licenciatura em Pedagogia.
Código: 20933
Informações adicionais:
Formandos 2005 - Turma J
CDD - 370.92

Dono: admin
Criado: 03-05-2007 10:04
Visitas: 1102
Downloads: 2054

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Roson_RejaneCardosodeLima_TCC.pdfDocumento PDF642 Kb(657215 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download