Consultar: Estudos da Linguagem - IEL

Título [PT]: Torcida que canta, vibra e luta: um estudo discursivo de páginas de torcidas queer de futebol
Autor(es): Matheus da Silva Medeiros
Palavras-chave [PT]:

Análise do discurso, Lugares de enunciação, Práticas de resistência, Silenciamento
Palavras-chave [EN]:
Discourse analysis, Enunciation place, Resistance practices, Silence
Titulação: Licenciado em Letras – Português
Banca:
Monica Graciela Zoppi Fontana [Orientador]
Resumo:
Resumo: A partir do referencial teórico da Análise do Discurso materialista, em diálogo com os Estudos de Gênero e Sexualidade, este trabalho retoma o conceito de lugar de enunciação em Zoppi-Fontana (2002, 2017) para analisar práticas discursivas de resistência inscritas no campo digital. O corpus de análise consiste na identidade visual e em um recorte de postagens das páginas Palmeiras Livre, QUEERlorado, Bambi Tricolor e Galo Queer, coletivos de torcidas autodenominadas queer e livres que se posicionam contra a homofobia, a misoginia e o racismo no futebol. Esse posicionamento produz tensões em um espaço que historicamente construiu o homem cisgênero e heterossexual como seu interlocutor legítimo (PINTO, 2017). Compreendo que as demandas políticas de representação e de resistência, provenientes de lugares de interdição histórica, produzem deslocamentos de sentidos e abrem brechas discursivas para a legitimação de posições discursivas não subalternas; funda-se, dessa forma, um lugar de enunciação queer que busca se constituir como uma posição discursiva com visibilidade e legitimidade para reclamar direitos e denunciar as políticas de silêncio. (ORLANDI, 2007) Neste trabalho, analiso ainda os contradiscursos com os quais essas torcidas são confrontadas ao denunciar e questionar a dominância de sentidos normativos, em um processo a partir do qual analiso efeitos de evidência, estigmas sociais e práticas de silenciamento.

Abstract: Based on the theoretical and methodological framework of materialist Discourse Analysis, into dialogue with Gender and Sexuality Studies, the present work approaches the concept of enunciation place in Zoppi-Fontana (2002, 2017) to analyze discursive practices of resistance in network communities. The corpus consists of the visual identity and excerpts of publications in the web pages Palmeiras Livre, QUEERlorado, Bambi Tricolor and Galo Queer, movements of auto-claimed queer and LGBT+ football fans that stand up against homophobia, misogyny and racism in Brazilian football. This political stance produces tensions in a space that historically constituted the cisgender and heterossexual man as its only legitimate interlocutor (PINTO, 2017). I understand these movements as political demands of representation and resistance arising from places of historical interdiction, which produces meaning displacements and discursive gaps in order to legitimate a not subordinate discursive position; therefore, what emerges is a queer enunciation place that aims to constitute itself as a discursive position with visibility and legitimacy to claim rights and denounce the politics of silence. (ORLANDI, 2007) In this work, I also discuss the counter-discourses with which these movements are confronted by when denouncing and questioning the dominant normative senses, in a process from which I analyze evidence effects, social stigma and discursive silence practices.
Data de Defesa: 2019
Código: 109919

Dono: iel_ar
Criado: 09-07-2020 16:30
Visitas: 55
Downloads: 44

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Medeiros_MatheusdaSilva_TCC.pdfDocumento PDF1807 Kb(1850268 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download