Consultar: Estudos da Linguagem - IEL

Título [PT]: Ditongação e monotongação no português brasileiro: os efeitos de privilégio posicional e da dispersão acústica em processos fonológicos envolvendo ditongos
Autor(es): Lucas Pereira Eberle
Palavras-chave [PT]:

Ditongação, Monotongação, Português brasileiro
Palavras-chave [EN]:
Diphthongization, Monophthongization, Brazilian portuguese
Titulação: Bacharel em Linguística
Banca:
Maria Filomena Spatti Sandalo [Orientador]
Resumo:
Resumo: Este estudo busca explicar alguns fenômenos fonológicos envolvendo ditongos, tais qual a Ditongação e Monotongação no português falado no Brasil, especificamente, a formação de ditongos a partir da epêntese do glide [j] em sílabas tônicas terminadas em /S/ e a redução para uma vogal simples dos treze ditongos orais decrescentes (Vogal + Glide) causada pela síncope do glide. Os fenômenos foram investigados através de metodologia experimental com base em corpora constituídos de palavras existentes (para o estudo da ditongação) e logatomas que sejam compatíveis com o léxico (para o estudo da monotongação) variando os ditongos em relação à posição na palavra (inicial e final), a tonicidade (sílaba tônica e átona) e quantidade de sílabas (monossílabos e polissílabos), trabalhando com a variedade dialetal de Campinas/SP. Os resultados mostraram que houve efeitos posicionais (Beckman 1999) e efeitos da distribuição dos ditongos no espaço acústico (Flemmings 2004). Uma modelagem com base na Teoria da Otimalidade e da Gramática Harmônica foi feita através da ferramenta computacional MaxEnt Grammar Tool (Hayes & Wilson 2008), software que possibilita, através de expressões matemáticas, fazer predições quantitativas e a produção de uma gramática compatível com os dados. Portanto, trata-se de um estudo em linguagem que usa de metodologias experimentais e computacionais em interação.

Abstract: This research is a study on Diphthongization and Monophthongization in Brazilian Portuguese, specifically, the formation of diphthongs by the epenthesis of the glide [j] in stressed syllables ending in /S/ and the reduction to a single vowel of thirteen oral diphthongs caused by glide syncope. The phenomena were investigated experimentally on the basis of corpora consisting of existing words (for the study of diphthongization) and non-sense words (for the study of monophthongization) alternating the diphthongs in word position (initial and final), tonicity (stressed and unstressed syllable) and number of syllables (monosyllables and polysyllables), working with the dialectal variety of Campinas / SP. The results showed that there were positional effects (Beckman 1999) and effects of the distribution of diphthongs in the acoustic space (Flemmings 2004). The results were modelled based on the Optimality Theory and Harmonic Grammar by means of the MaxEnt Grammar Tool (Hayes & Wilson 2008), a software that through mathematical expressions makes quantitative predictions and produces a grammar compatible with data. Therefore, it is a language study that uses experimental and computational methodologies in interaction.
Data de Defesa: 2019
Código: 109918

Dono: iel_ar
Criado: 09-07-2020 16:15
Visitas: 17
Downloads: 8

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Eberle, Lucas Pereira.pdfDocumento PDF1816 Kb(1859137 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download