Consultar: Estudos da Linguagem - IEL

Título [PT]: As poesias no fundamental II: um desafio no universo escolar
Autor(es): Luana Aparecida de Oliveira Jorge
Palavras-chave [PT]:

Gêneros poéticos, Ensino fundamental II, Leitura e escrita literárias subjetivas
Palavras-chave [EN]:
Poetic genres, Elementary education II, Subjective literary reading and writing
Titulação: Licenciado em Letras – Português
Banca:
Cynthia Agra de Brito Neves [Orientador]
Resumo:
Resumo: Esta pesquisa pretendeu desmi(s)tificar a ideia de que os gêneros poéticos são descontextualizados e de difícil compreensão para que sejam ensinados no ensino fundamental II, em especial no 6º ano, e que os alunos são incapazes de interpretar e/ou produzir textos poéticos. Pensando nessa concepção pautada pelo senso comum, o presente trabalho foca no ensino-aprendizagem de poesia como um gênero que transforma a sociedade, pois instiga a identidade pessoal, a autoavaliação e o envolvimento com o mundo. Nesta fase de transição da infância para juventude a curiosidade e a observação são hábitos cotidianos, por isso, a leitura, especialmente a de poesia, pode se tornar instrumento para reflexão social. Para tanto, foi planejada uma série de atividades com poesias, as quais foram desenvolvidas em uma turma do 6º ano de uma escola da rede estadual de ensino, localizada em Artur Nogueira, interior do estado de São Paulo. A pesquisa foi executada nas aulas de Língua Portuguesa contando com dois encontros semanais durante um bimestre (out.-nov.) de 2017. Tal proposta pedagógica envolveu exercícios de leitura e de produção de textos poéticos e teve como objetivo investigar a subjetividade leitora dos alunos participantes da pesquisa. Ao longo das atividades didáticas elaboradas pela professora-pesquisadora foi possível perceber as reações dos alunos como leitores e produtores de poesias, suas vozes e as diferentes visões de mundo, os quais encontraram em sua subjetividade um escape à voz autoritária dos discursos escolares, por vezes tão engessados e rígidos, construindo, por meio das poesias, um espaço de crítica distinto de quaisquer outros gêneros. Para embasamento teórico, o trabalho inspirou-se no projeto de leitura poética desenvolvido por Josette Jolibert (1994), e os escritos de Marisa Lajolo e Regina Zilberman (1991), Annie Rouxel et al (2013), Ana Gebara (2002), Helder Pinheiro (2007), Paulo Freire (1980), Severino Antônio e Katia Tavares (2013), entre outros.

Abstract: This research aimed to demystify the idea that poetic genres are decontextualized and too complex to be taught in elementary education II, especially in the 6th grade, and that students are unable to interpret and/or produce poetic texts. Thinking about this conception guided by common sense, the present work focuses on the teaching-learning of poetry as a genre that transforms society, as it instigates personal identity, self-assessment and involvement with the world. In this phase of transition from childhood to youth curiosity and observation are daily habits, so reading, especially poetry, can become an instrument for social reflection. For that, a series of activities with poetry were planned, which were developed in a class of the 6th year of a school of the state education network, located in Artur Nogueira, interior of the state of São Paulo. The research was carried out in Portuguese Language classes with two weekly meetings during a two-month period (oct.-nov.) of 2017. This pedagogical proposal involved exercises in reading and production of poetic texts and aimed to investigate the participant students' reading subjectivity. Throughout the didactic activities developed by the teacher- researcher it was possible to perceive the reactions of students as readers and producers of poetry, their voices and the different worldviews, which found in their subjectivity an escape from the authoritarian voice of school speeches, sometimes so plastered and rigid, building, through poetry, a space of criticism distinct from any other genres. For theoretical background, the work was inspired by the poetic reading project developed by Josette Jolibert (1994), and the writings of Marisa Lajolo and Regina Zilberman (1991), Annie Rouxel et al (2013), Ana Gebara (2002), Helder Pinheiro (2007), Paulo Freire (1980), Severino Antônio and Katia Tavares (2013), among others.
Data de Defesa: 2019
Código: 109234

Dono: iel_ar
Criado: 07-11-2019 15:01
Visitas: 35
Downloads: 14

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Jorge, Luana Aparecida de Oliveira.pdfDocumento PDF2775 Kb(2841369 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download