Consultar: Estudos da Linguagem - IEL

Título [PT]: A influência dos aplicativos de celulares no processo de aquisição da linguagem
Autor(es): Julia Franco
Palavras-chave [PT]:

Aquisição da linguagem, Inatismo, Aplicativos de celulares
Palavras-chave [EN]:
Language acquisition, Inatism, Cell phone app
Titulação: Licenciada em Letras – Português
Banca:
Pablo Faria [Orientador]
Resumo:
Resumo: De acordo com a teoria inatista de Noam Chomsky, a criança adquire linguagem em decorrência de uma capacidade inata a ela. Apesar de dotada dessa capacidade, é necessário que a criança seja exposta a dados da língua, inputs, que forneçam informações que coloquem em marcha tal processo. Portanto, tendo em vista o papel das mídias digitais como fornecedoras de dados linguísticos para a aquisição da linguagem, propõe-se, nesta pesquisa, refletir sobre os possíveis impactos dos aplicativos de celulares e tablets no processo de aquisição lexical de crianças entre três e cinco anos. Para isso, foram analisados 11 aplicativos disponíveis na Play Store do sistema Android, classificados na categoria Educacionais, destinados a crianças de até cinco anos e com nota de classificação dos usuários entre 4 e 5, e estabelecidos critérios de análise qualitativa destes aplicativos baseados nos estudos teóricos ancorados na teoria da Gramática Gerativista. Primeiramente, foram definidos, com base na teoria de aquisição da linguagem, os seguintes critérios: (i) as tendências definidas por Markman (1989); (ii) a incompatibilidade referencial entre os elementos gráficos, incluindo imagens em segundo plano; (iii) os conceitos alvo da aprendizagem selecionados pelo aplicativo; (iv) a hierarquia de inclusão de classe e (v) as noções de tipos de evidências (VALIAN, 1999). Tais critérios foram úteis para a avaliação, uma vez que possibilitaram a análise de características essenciais para o processo de aquisição da linguagem, além de permitir o questionamento sobre a qualidade linguística dos aplicativos. Assim, observou-se que os aplicativos oferecem aos usuários diferentes meios de contato lexical e situações de aprendizagem, podendo influenciar o processo de aquisição da linguagem de diferentes maneiras. Além disso, os critérios apontam para propriedades desses aplicativos que podem ser investigadas experimentalmente utilizando metodologias da área de aquisição da linguagem. Sendo assim, apresenta-se ao final da pesquisa um desenho experimental pensado para averiguar os aspectos discutidos em relação ao critério (ii) incompatibilidade referencial, com o objetivo de compreender as relações entre a forma de objetos, suas propriedades e os enunciados apresentados, que podem ser evocados na interação da criança com os aplicativos.

Abstract: According to the Noam Chomsky’s Inatist theory, children acquire language as a result of an inborn capacity. Nonetheless, despite being gifted by this capacity, it is necessary that children to be exposed to its native language, such that the learning process may take place. By considering digital medias as possible input sources for language acquisition, we propose a reflection about possible impacts of tablets and cell phone apps on lexical acquisition, taking its audience to be children between three and five years old. For that, 11 educational apps available at Android’s Play Store were selected, all of them destinated to children up to five years old and rated with 4 to 5 stars. We then established qualitative analytical criteria based on theoretical studies anchored in the Generativist language acquisition theory. Five criteria were specified: (i) Markman’s (1989) learning constraints; (ii) referential (in)compatibility between utterances and graphic elements, including background images; (iii) the choice of target concepts in the learning tasks; (iv) the relationship of class inclusion between concepts; (v) and the types of evidence (VALIAN, 1999) involved. These criteria were useful for the reflection, since they enabled the analysis of essential characteristics for the language acquisition process, besides allowing the questioning about the apps’ linguistic quality. Therefore, we could observe that these apps offer different learning environments which may influence the acquisition process in distinct ways. Theoretical in nature, the criteria proposed can and should be subject to investigation through experimental methodologies. As a first step in this direction, we propose an experimental design to investigate aspects of the incompatibility criterion (ii). In sum, we want to understand the relationships among the form of objects, their properties, and utterances presented, which may play an important role in the interaction of the child with the apps.
Data de Defesa: 2018
Código: 108368

Dono: admin
Criado: 29-03-2019 10:09
Visitas: 143
Downloads: 96

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Franco, Júlia.pdfDocumento PDF1331 Kb(1362661 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download