Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Educação escolar e livros didáticos : a produção de signos culturais na
Autor(es): Julia Flavia Alipio
Palavras-chave [PT]:

República - Brasil, Escolarização, Livros didáticos
Resumo:
Resumo: Esse trabalho abordou a transição histórica do Brasil Monarquia para o Brasil República, marcada pela decadência e a falta de apoiadores do Império, que se destacaram durante a Proclamação e a expansão dos discursos republicanos. A escolarização através dos livros didáticos foi um projeto da educação republicana para consolidar esse ideal político e promover a estabilização social. O objetivo foi conhecer o processo da escolarização após a Proclamação, como parte do projeto político republicano para a aceitação social, e, compreender como os livros didáticos, foram utilizados como propagadores dos bons costumes na consolidação do novo cidadão republicano. Para o conhecimento histórico acerca da transição do momento político, da estrutura escolar republicana e do papel dos livros didáticos, foi realizada a pesquisa das fontes históricas dos jornais da época e das referências bibliográficas em abordagens aos discursos delineados entre diferentes autores, tais como: Souza (1998), Bittencourt (1989), Carvalho (1987, 1990), Sodré (1963), Leão (1923, 1926, 1932), Panizzolo (2006, 2010, 2016), Belo (2014) entre outros, que abordam o tema da escolarização após a Proclamação da República Brasileira. O recorte temporal se situa entre as representações das últimas duas décadas do século XIX, marcadas por diversas transformações políticas sociais, como o fim da monarquia, os crescentes discursos republicanos, a chegada da mão de obra imigrante, o distanciamento do Estado com a igreja, por apresentarem os fatores primordiais para a mudança no cenário político, bem como na estrutura social, que alimentaram a consolidação da República e da escolarização. A educação escolar abordada, nas análises dos discursos representaram os ideários republicanos sobre a escolarização em massa relacionados com a promessa do ensino público, laico e gratuito, como um caminho para fortalecer a República, bem como moldar o novo cidadão republicano. Em suma, o discurso republicano sobre a escolarização em massa foi um caminho para a doutrinação popular, para a reprodução cultural, para a criação e a consolidação de um cidadão ideal republicano. Tendo como um dos seus propagadores, propriamente, os livros didáticos oferecidos nas escolas públicas após a Proclamação

Abstract: The historical transition from the Brazilian Monarchy to the Brazilian Republic was marked by the decline and lack of supporters from the empire who contributed to the proclamation and expansion of republican speeches. The process of schooling through didactic books was a republican educational project to consolidate this political moment and promote the social stabilization. This work will present this political transition, how the birth of a new historical moment was made possible by the ideals of social transformation, the republican school after the proclamation as part of the political project for the consolidation, the social acceptance of these ideals and the didactic books as being responsible for the propagation of good customs in the creation of the new republican citizen. To ground the transition of the political moment, the republican school structure and the role of the didactic books, it was made a research of the historical sources of the newspapers of that time, bibliographical references, scientifical articles and academic productions about the dialogues between the ideas of different authors, such as: Souza (1998), Bittencourt (1989), José Carvalho (1987, 1990), Sodré (1963), Leão (1923, 1926, 1932), Panizzolo (2006, 2010, 2014), Belo (2014) and others, that approached the topic of schooling after the proclamation of the Brazilian Republic. The last two decades of the 19th century were marked by many social and political changes, the abolition of slavery, the end of the monarchy, the spread of republican speeches, the arrival of immigrant labor and the detachment between the church and the state, all of which were main factors for a change on the political scenario as well as in the social structure. It became necessary to consolidate the republic through schooling and the creation of cultural signs that could unite the heterogeneous people of the country. The school education addressed on the analysis of the speeches represent the republican ideals about mass schooling and the promise of public, secular and free education as a path to strengthen the Republic, as well as shape the new republican citizen. To summarize, the republican speech about mass schooling was a path to the indoctrination of people and the creation of an ideal republican citizen. This consolidation and cultural reproduction was made through didactic books offered at the public schools after the Proclamation
Código: 001080470
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2018
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Arnaldo Pinto Junior
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 18-03-2019 14:48
Visitas: 63
Downloads: 63

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Alipio_JuliaFlavia_TCC.pdfDocumento PDF745 Kb(762802 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download