Consultar: Faculdade de Educação - FE

Titulo Principal: Da dependência à transferência : uma experiência dentro do subprojeto PIBID pedagogia-letras
Título Variante: From dependence towards transference: an experience inside the sub-project PIBID Pedagogy-Languages
Autor(es):

Paulo Coelho Diaz
Palavras-chave [PT]:
Relação aluno-professor, Transferência (Psicologia)
Titulação: Bacharelado em pedagogia
Banca:
Ana Archangelo
Resumo:
Vivemos um momento em que as relações se tornam cada vez mais líquidas e instáveis. A facilidade com que nos conectamos às pessoas pela internet, é a mesma que permite desconectar-nos delas. Essas relações sociais atingem o ambiente escolar e são reproduzidas dentro da sala de aula. A partir da afirmação de Bohoslavsky de que há alguns vínculos originados no seio familiar, os quais, muitas vezes se estendem até a escola ou outras vezes até a vida adulta, pode-se dizer que o infantil está presente na relação aluno-bolsista como uma experiência revivida. Ainda segundo o autor, “podemos dizer que, na escola, encontram-se ao menos resquícios destes: o vínculo de dependência, o vínculo de cooperação ou mutualidade e o vínculo da competição”. (BOHOSLAVSKY, p. 358, 1997). Freud, ao referir-se ao conceito de transferência, demonstra que os sentimentos experienciados no passado podem ser transferidos para as relações presentes (FREUD, 1912 apud SALZBERGER-WITTENBERG, p.34, 1983). Nesse sentido, a criança pode experienciar todos os tipos de sentimentos já vividos com seus pais e revivê-los na relação com o professor. Dentro do contexto escolar, principalmente ao nos referirmos aos primeiros dias de aula, adulto e criança já estão acostumados com ‘padrão’ de eventos entre convidados e anfitriões que, ao serem vividos, gradualmente estabelecem um modo único e individual de relacionamento (SALZBERGER-WITTENBERG, p.35, 1983), ou seja, a forma de se relacionar com outrem e ele mesmo é transferida em novas situações, agora dentro da escola. Considerando esse complexo espectro de relações em que os modos primitivos de vincularidade se repetem na transferência, investigamos como as atividades proporcionadas pelo subprojeto PIBID Pedagogia-Letras (brincar, contação) podem contribuir para uma formação mais completa da criança, que vá além da cognição. Através de autores da psicanálise, como Freud, Klein, Bion e Winnicott, este trabalho busca apresentar alguns excertos da experiência do PIBID nos quais relações de transferência, contratransferência e identificação projetiva puderam ser identificadas, e analisar se o manejo desses processos foi ou não proveitoso para a formação da criança.
Data de Defesa: 13/07/2017
Descrição:
Trabalho de conclusão de curso apresentado à Faculdade de Educação da
Universidade Estadual de Campinas como parte dos requisitos para obtenção
do diploma acadêmico em Pedagogia, sob a orientação da Profª. Dra. Ana
Archangelo
Código: 000986189
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data the Publicação: 2017
Local de Publicação: Campinas, SP
Co-Autor:
Orientador: Ana Archangelo
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)

Dono: fe_rp
Criado: 09-10-2017 10:53
Visitas: 153
Downloads: 171

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Diaz_PauloCoelho_TCC.pdfDocumento PDF1171 Kb(1198766 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download