Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Flexibilidade nas relações de trabalho : a construção dos marcos legais do estágio
Autor(es): Patricia Pereira Vicente
Palavras-chave [PT]:

Estagios , Flexibilidade curricular, Estágio - Legislação, Direito
Resumo:
Resumo: O presente estudo teve como objetivo analisar o processo histórico de institucionalização do estágio no Brasil desde o início de sua regulamentação legislativa até os dias atuais, contextualizando à luz do neoliberalismo e da reestruturação produtiva mundial. A pesquisa realizada foi de caráter documental, visto que foram analisadas a legislação de estágio brasileira. A análise dos marcos legais apontam que o estágio foi definido e delineado desde a sua criação com o propósito de atender a fins econômicos e empresariais do país. Favorecido pelas leis, o empresariado se vale há décadas das prerrogativas do estágio, como a ausência de vínculo empregatício e de uma legislação mais precisa, para obtenção de força de trabalho de baixo custo. Dessa forma, no cenário da acumulação flexível, onde a terceirização e a precariedade nas relações de trabalho se fazem presentes, apesar das mudanças ocorridas na legislação de estágio serem mais precisas em relação ao seu papel educacional, o mesmo ainda pode facilmente se configurar como uma alternativa o empresariado na obtenção de força de trabalho livre do pagamento de uma série de impostos e, portanto, rentável
Código: 000978303
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2016
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Selma Borghi Venco
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)
UNICAMP:

Dono: admin
Criado: 03-04-2017 14:27
Visitas: 278
Downloads: 233

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Vicente_PatriciaPereira_TCC.pdfDocumento PDF385 Kb(394051 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download