Consultar: Instituto de Química - IQ

Título [Principal]: Análise estrutural e funcional de metalo- (SVMP) e serina proteases (SVSP) de venenos de serpentes
Título [Outro Idioma]: Structural and fuctional analyses of metallo- (SVMP) and serine proteases (SVSP) from snake venoms
Autor(es): Fabián Gilberto Villalta Romero
Palavras-chave [PT]:

Metaloproteases , Serinoproteases, Inibidores, Venenos de serpentes
Palavras-chave [EN]:
Serine proteases , Inhibitors , Snake venoms
Área de concentração: Química Orgânica
Titulação: Doutora em Ciências
Banca:
Ljubica Tasic [Orientador]
Mirian Akemi Furuie Hayashi
Giselle Zenker Justo
Taícia Pacheco Fill
Cátia Cristina Capêlo Ornelas Megiatto
Resumo:
Resumo: As picadas por serpentes estão classificadas como doença negligenciada. Além de ser uma questão de saúde pública, a peçonha ou veneno de serpentes (SV) é particularmente interessante por apresentar atividades bioquímicas e farmacológicas únicas. Nossa pesquisa abrange os estudos acerca de seis proteases de SV, das classes metalo- (SVMP) e serino proteases (SVSP), que foram isoladas de três serpentes: Bothrops asper (SVMP, BaP1), Crotalus simus (SVMP, PIII; SVSP-I e SVSP-II) e Crotalus durissus cumanensis (SVSP, Cd SI e Cd SII). Na primeira parte deste trabalho foram utilizadas as técnicas de dicroísmo circular e fluorescência para caracterização biofísica das proteínas alvo. Foi verificado o papel de íons de cálcio (II) na estabilização da estrutura e atividade das duas SVMPs. Na segunda parte, utilizando as técnicas de Screening virtual das bibliotecas Zinc, ChemBL e PubChem, e foram propostos in silico cinco compostos como inibidores da BaP1. Destes, três foram testados em ensaios in vitro e dois inibiram a atividade proteolítica da BaP1. Usando metodologia similar, a hesperitina foi proposta como um inibidor potente para as SVSPs, in silico e in vitro. Dessa forma, esses compostos poderão ser úteis no tratamento de envenenamentos. A terceira parte deste trabalho consistiu na análise comparativa de estruturas 3D de SVMP por ferramentas de biologia computacional e na caracterização de diferenças entre as proteínas que provocam ou não a hemorragia em acidentes ofídicos. Finalmente, na quarta e última parte, estudamos a atividade das SVMP, BaP1 e PIII, perante a inibição da formação de capilares sanguíneos e verificamos que ambas mostram potencial farmacológico para terapia antiangiogênica.

Abstract: Snakes bites are clasificate as neglected diseases. As well as a public health issue, the snake venom (SV) is particularly interesting because it presents unique biochemical and pharmacological activities. Our research covers the studies of six SV proteases, metalloproteases (SVMP) and serine proteases (SVSP), isolated from three snakes: Bothrops asper (SVMP, BaP1), Crotalus simus (SVMP, PIII; SVSP-I and SVSP-II) and Crotalus durissus cumanensis (SVSP, Cd SI and Cd SII). The circular dichroism and fluorescence techniques were used for the biophysical characterization of target proteins. The role of calcium (II) ions in stabilizing the structure and activity of the two SVMP was verified. In the second part of this work, using the Virtual Screening techniques, the libraries Zinc, ChemBL and PubChem were screened, five compounds have been proposed as in silico inhibitors to BaP1. Of these, three were tested in vitro assays and two showed complete inhibition of the proteolytic activity of BaP1. Using similar methodology, the hesperetin has been proposed as a potent inhibitor for the SVSP, both in silico and in vitro. Thus, these compounds have potential to aid in the anti-poisoning treatment. The third part of this work consisted of the comparative analysis SVMP 3D structures by computational biology tools and the differences between the proteins that cause or not cause hemorragic were characterized. Finally, we studied the activity of SVMP, BaP1 and PIII, inhibiting the formation of blood capillaries and found that both show pharmacological potential for antiangiogenic therapy.
Data de Defesa: 25-02-2016
Código: 000971799
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2016
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Ljubica Tasic, Goran Neshich
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Química
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Química

Dono: ti_ml
Criado: 05-09-2016 13:41
Visitas: 155
Downloads: 7

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Romero, Fabian Gilberto Villalta_D.pdfDocumento PDF4154 Kb(4253250 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download