Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: As relações interpessoais na escola : aprendendo com o que dizem e fazem as crianças
Autor(es): Giovana Tolesani Camargo
Palavras-chave [PT]:

Crianças - Brasil - Aspectos sociais, Infância , Relação aluno-professor, Escolas , Relações educativas
Resumo:
Resumo: Este trabalho nasceu no contexto de meu trabalho como professora auxiliar e estagiária em uma classe de 1º ano do Ensino Fundamental. Ao longo da experiência vivida durante um ano letivo, além das indagações relativas aos modos de acompanhar e de intervir nas produções das crianças despertaram minha atenção as relações recorrentemente agressivas entre algumas delas, o tom desrespeitoso com que se dirigiam a seus pares e a mim, sua agitação e o fato de não atenderem aos meus pedidos e solicitações de atenção, silêncio ou cooperação com o andamento das atividades de sala e o cumprimento de regras, apesar de nossa proximidade e de minha presença cotidiana em classe. Tais indagações e minha dificuldade para lidar com elas levaram-me a estudar, mais detidamente, as relações escolares entre crianças e entre crianças e adultos, procurando apreender em que condições elas se produzem; como elas são instauradas e mediadas; que valores e que concepções de infância, de adulto e do papel da educação escolar indiciam-se nessas relações; de que sentidos essas relações se revestem na dinâmica relacional escolar; como esses sentidos circulam entre alunos e professores e entre os alunos entre si e que efeitos suscitam. Demarquei como seus objetivos analisar, a partir dos registros realizados por mim ao longo do estágio, as relações escolares estabelecidas entre as crianças e as relações delas com a professora e com a professora auxiliar, no caso, eu, procurando apreender o que se comunicava nessas relações e como, quais eram as características, especificidades e efeitos das interlocuções que se produziam naquelas condições. No âmbito das relações documentadas, detive-me naquelas em que emergiam comportamentos considerados como ?indisciplinados?, procurando compreender o que indiciavam a respeito dos desejos, sentimentos e inquietações das crianças, bem como os sentidos nelas em jogo, tanto da parte das crianças em relação à professora e à professora auxiliar, quanto destas em relação às crianças. Os episódios documentados foram analisados à luz das discussões teóricas conduzidas por Charlot, Snyders, Vygostky e Fontana, autores que consideram a criança como um ser social, que se relaciona com o mundo e com as pessoas e, a partir de suas experiências, ressignificam o vivido.
Código: 000922408
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2013
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Roseli Aparecida Cação Fontana
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)
UNICAMP:

Dono: admin
Criado: 15-05-2014 11:03
Visitas: 534
Downloads: 319

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Camargo, Giovana Tolesani_TCC.pdfDocumento PDF798 Kb(817629 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download