Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Os valores parentais percebidos pelos jovens de escolas públicas e privada
Autor(es): Priscila Osawa Massari
Palavras-chave [PT]:

Jovens, Família, Valores
Resumo:
Resumo: Fundamentado na teoria construtivista e nos estudos da psicologia moral, este Trabalho de Conclusão de Curso foi resultante de uma pesquisa que objetivou identificar os valores dos pais ou responsáveis percebidos pelos jovens de escolas pública e privada e comparar as semelhanças e diferenças desses valores em ambas as instituições. Para tanto, foi realizado um estudo descritivo e exploratório, cujos participantes foram 55 jovens entre 11 e 15 anos de idade que frequentavam o 7° ou 9° ano, sendo 27 de escola particular e 28 da pública. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas embasadas no método clínico de Piaget, que foram gravadas e transcritas. As respostas foram agrupadas em categorias por conteúdos afins construídas à posteriori (análise de conteúdo). A análise estatística dos dados mostrou que os conselhos que são mais dados pelas famílias, tanto da escola pública quanto da particular, são relacionados ao “Bom estudo” (ir bem na escola, não tirar nota baixa, não repetir, não ficar de recuperação, fazer a lição de casa, estudar), seguido de “Respeito unilateral” (não bagunçar, obedecer os mais velhos, respeitar os professores). O terceiro conselho mais recebido pelos jovens da escola privada é de “Prudência” (não falar com estranhos, cuidado ao se relacionar com alguém) e seguido pela “Dedicação” (empenhar-se no que faz). Já na escola pública, em terceiro lugar são mencionados dois tipos de conselhos: “Não causar danos a si mesmo” (não se envolver com drogas) e “Auxiliar nas tarefas domésticas” (limpar a casa). Os resultados mostraram, portanto, que os pais legitimam a importância da escola, valorizam os estudos e a obediência à autoridade e às normas, e que, a sua maneira, transmitem isto aos seus filhos. Tais resultados são expressivos, pois vão de encontro a uma representação social muito presente nos professores e especialistas: a de que a família não apoia ou valoriza a escola ou os estudos, nem mesmo coloca “limites” para seus filhos.
Código: 000907206
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2013
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Telma Pileggi Vinha
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 31-07-2013 17:07
Visitas: 369
Downloads: 318

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Massari_PriscilaOsawa_TCC.pdfDocumento PDF914 Kb(935499 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download