Consultar: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - IFCH

Título [Principal]: Descrever crimes, decifrar convenções narrativas : uma etnografia entre documentos oficiais da Delegacia de Defesa da Mulher de Campinas em casos de estupro e atentado violento ao pudor
Título [Outro Idioma]: Describe crimes, decipher narrative conventions : an ethnography among the official documents of the Women's Police Station of Campinas in cases of rape and violent indecent assault attack
Autor(es): Larissa Nadai
Palavras-chave [PT]:

Estupro - Campinas (SP), Inquérito policial , Delegacia da mulher , Burocracia
Palavras-chave [EN]:
Rape, Police questioning , Women's police stations , Bureaucracy ,
Área de concentração: Antropologia Social
Titulação: Mestre em Antropologia Social
Banca:
Maria Filomena Gregori [Orientador]
Adriana de Resende Barreto Vianna
Guita Grin Debert
Resumo:
Resumo: Esta dissertação tem por objetivo investigar os documentos oficiais produzidos pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Campinas, em casos de estupro e atentado violento ao pudor ocorridos nos anos de 2004 e 2005. Por meio de uma etnografia desses documentos, busquei entender as formas narrativas e burocráticas pelas quais esses atos são transformados em crimes e busquei também a compreensão de como a sexualidade passa a ser campo de intervenção da polícia civil especializada de Campinas. Objetivando delinear as formas pelas quais os inquéritos policiais são produzidos, essa pesquisa tem como cerne os procedimentos de escrita utilizados por essas profissionais, sejam esses ofícios, requisições, relatórios, laudos, termos de declaração e Boletins de Ocorrências. Essas formas de narrar evidenciam não só as convenções narrativas que servem de anteparo para a escrita, mas também os mecanismos pelos quais o trabalho policial é executado. Assim, seja por meio de uma escrita técnica próxima aos expedientes detetivescos, seja por meio de uma forma de escrever sensível e empática ao sofrimento das crianças ou ainda por aquela forma que coloca em suspensão o que é dito em casos de crimes envoltos em conflitos infrafamiliares, é a arte de escrever o ofício policial que ganhará destaque nessa dissertação. Entretanto, também insígnias, carimbos e assinaturas que percorrem os inquéritos policiais são fundamentais nesta pesquisa, pois colocam em evidência as tramas institucionais nas quais a polícia especializada de Campinas está imersa. Sem dúvida, é mediante papéis e por intermédio deles que a polícia se comunica com instituições tais como Fórum Criminal, Instituto Médico Legal e Instituto de Criminalística da cidade. Mas, é também por meio desses mesmos papéis que a DDM comunica estupros e atentados violento ao pudor ao Judiciário. Nas páginas desta dissertação enredaremos nas histórias de mulheres como Marcelas, Joanas, Madalenas e Martas, bem como com os abusos de menores como Anas, Carolinas, Julianas e Lucas. É por meio delas que homens como João, Ricardo, Valmir, Antônio, José, Gilberto e Aldair entram nos meandros burocráticos da polícia civil como autores, averiguados ou indiciados.

Abstract: This dissertation aims to investigate the official documents produced by the Women's Police Stations (DDM) in Campinas in cases of rape and indecent assault occurred in 2004 and 2005. Through an ethnography of those documents I sought to understand the narrative and bureaucratic form by the way these acts are transformed into crimes and also to understand how sexuality becomes a specialized Civilian Police interventional field in Campinas. Aiming to outline the ways in which police investigations are produced, the heart of this research is in the written procedures used by professionals. These are letters, requests, reports, findings, terms of statements and Occurrences Reports. These forms of narrative show up the narrative conventions that serve as foundation for the writing and also the mechanisms by which police work is performed. Therefore, either through a technical writing next to detective tasks either by a sensitive and empathetic way of writing about children's suffering or by the one who puts in suspension what is said in cases of crimes wrapped in infrafamiliares conflicts, the art of writing the police's office that will gain prominence in this dissertation. However, there are badges, stamps and signatures that cross the police investigations and are also essential in this research because they put in evidence the plots in which the institutional specialized police Campinas is immersed. Undoubtedly it's by papers and through them that the police communicate with institutions such as Criminal Forum of Campinas, Institute of Forensic Medicine and Institute of Criminology of the city.But it is also through these same roles that the DDM communicates rapes and violent assaults to the judiciary. In the pages of this dissertation we are enmeshed in the stories of women like Marcelas, Joanas, Madalenas e Martas, as well as the abuse's stories of minors as Anas, Carolinas, Julianas and Lucas. It is through them that men like João, Ricardo, Valmir, Antonio, José, Gilberto and Aldair enter into the bureaucratic intricacies of the Civilian Police as investigated or indicted authors.
Data de Defesa: 20-06-2012
Código: 000868079
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2012
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Maria Filomena Gregori
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social

Dono: ti_ml
Criado: 14-09-2012 09:28
Visitas: 919
Downloads: 49

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Nadai, Larissa_M.pdfDocumento PDF2184 Kb(2236038 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download