Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Educação libertária : o trabalho pedagógico na Escola Modernar de Barcelona e nas Escolas Modernas de São Paulo
Autor(es): Larissa Helena De Nadai Soares
Palavras-chave [PT]:

Educação , Filosofia , Anarquismo
Resumo:
O presente trabalho tem como objetivo o estudo da organização do trabalho pedagógico em três escolas libertárias do início do séc. XX, A Escuela Moderna de Barcelona, fundada pelo educador Francisco Ferrer y Guardia, e as Escolas Modernas de São Paulo (nº1 e nº2); buscou-se entender os objetivos educacionais, os conteúdos abordados, o trabalho dos professores e a relação que estes estabeleciam com os alunos, e se haviam avaliações; tentando comparar as escolas quanto aos seus trabalhos pedagógicos. Durante a pesquisa foram analisados documentos da época (como os boletins das escolas), livros, artigos e teses que tratam do assunto. Em princípio, procurou-se contextualizar as Escolas Modernas dentro do período histórico em estiveram vigentes, suas histórias de fundação e fechamento, seus legados ao campo da educação, bem como aspectos da vida dos fundadores destas. Também foi possível discorrer sobre as teorias de alguns pensadores anarquistas e outras correntes que contribuíram com o ideal pedagógico dos educadores. A Escola Moderna de Barcelona - seguindo outros exemplos de práticas de educação libertária que visavam à construção de uma nova sociedade, sendo esta caracterizada pela autogestão, liberdade e solidariedade entre os indivíduos -, tinha como objetivo a formação de pessoas instruídas, justas e livres. Para isso, propunha um ensino de conteúdos científicos, formação integral e educação conjunta de sexos e classes sociais. As escolas paulistas basearam-se nos mesmos princípios da escola de Barcelona, sendo esta um modelo, entretanto houve diferenças influenciadas pelos contextos e os recursos financeiros disponíveis, que eram mais escassos em São Paulo. A proposta destas escolas contribuiu na luta de várias conquistas que temos hoje no campo da educação, como a escola pública laica, a coeducação de meninos e meninas, a relação não autoritária entre professor e aluno, entre outras; e ainda abre possibilidades para que pensemos em novos princípios educacionais que podem ser incorporados nas escolas tendo em vista a construção de uma educação progressista e libertária.
Código: 000846309
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2011
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Silvio Donizetti de Oliveira Gallo
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 07-05-2012 13:20
Visitas: 545
Downloads: 494

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Soares_LarissaHelenadeNadai_TCC.pdfDocumento PDF1153 Kb(1180489 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download