Consultar: Instituto de Estudos da Linguagem - IEL

Título [Principal]: Língua e lalangue na análise do discurso de Micchel Pêcheux
Título [Outro Idioma]: Langue and lalangue in Michel Pêcheu's discourse analysis
Autor(es): Edmundo Narracci Gasparini
Palavras-chave [PT]:

Lingua , Lalíngua , Discurso
Palavras-chave [EN]:
Langue , Lalangue , Discourse ,
Área de concentração: Linguistica
Titulação: Doutor em Linguistica
Banca:
Nina Virgínia de Carvalho Leite [Orientador]
Cláudia Thereza Guimarães de Lemos
Maria Viviane do Amaral Veras
Dylia Lysardo Dias
Bethania Sampaio Corrêa Mariani
Resumo:
Resumo: Esta tese tem o objetivo de discutir a forma pela qual a língua é abordada no âmbito da Análise do Discurso forjada por Michel Pêcheux. Se a língua representa sempre uma condição de base do discurso, ela não ocupa esse lugar da mesma forma ao longo do percurso teórico de Pêcheux. O trabalho aqui desenvolvido possibilitou identificar duas abordagens distintas de língua. Num primeiro momento, a língua é considerada uma sistematicidade regida por leis fonológicas, morfológicas e sintáticas - isto é, por leis abordáveis no campo da Linguística -, e a ela atribui-se uma autonomia relativa, na medida em que, para além desse funcionamento autônomo, há um funcionamento não linguístico, que aponta para as determinações do discurso. Num momento posterior do percurso de Pêcheux, a língua é abordada a partir de um recurso explícito a um elemento proveniente da teoria psicanalítica, qual seja, lalangue, ponto em que existe língua e existe inconsciente. O recurso a lalangue situa-se no contexto de mudanças significativas no âmbito da Análise de Discurso, tanto no que se refere à teoria quanto à prática de análise. Embora o recurso explícito a lalangue se articule a deslocamentos significativos na Análise do Discurso, ele não deixa de colocar impasses, uma vez que não considera um elemento fundamental e que se relaciona ao "estranho anterior" configurado pela língua enquanto instância de corte. Levar às últimas consequências aquilo que lalangue coloca em cena demanda, portanto, uma reconsideração da questão do discurso, e aponta para a teoria dos discursos articulada por Jacques Lacan a partir de 1969. Abordar o recurso a lalangue feito por Michel Pêcheux permitiu também avaliar a questão do atravessamento da Análise do Discurso pela Psicanálise. A esse respeito, o trabalho aqui desenvolvido permitiu constatar que, para além do nível de um recurso explícito a elementos da teoria psicanalítica, há um nível de atravessamento mais fundamental

Abstract: This thesis has the objective of discussing the way la langue is approached in Michel Pêcheux's Discourse Analysis. On the one hand, la langue is always a necessary condition for discourse. On the other, it occupies this position differently along Pecheux's theoretical démarche. By means of the study of texts written by Pêcheux, the thesis developed here made it possible to identify two different approaches to la langue. On a first moment, it is considered a system which is phonologically, morphologically and syntactically ruled, that is, a system whose functioning is to be studied within Linguistics. At this moment, a relative autonomy is atributed to la langue, once its functioning is not only linguistically ruled, but also ruled by discourse. At a later moment in Pêcheux's démarche, the approach to la langue is characterized by an explicit resource to lalangue, an element developed within psychoanalytic theory which refers to the point in which there is langue and there is the unconscious. The resource to lalangue is accompanied by a number of meaningful changes both in the theory and in the practice of Discourse Analysis. Although the explicit resource to lalangue is connected to meaningful changes in Discourse Analysis, it also brings impasses. Despite the explicit resource, an important aspect in lalangue is not taken into consideration, an aspect which is closely connected to the "strange anterior" constituted by la langue as a severing element. Taking account of this element leads to a reconsideration of the dimension of discourse, and to the consideration of Jacques Lacan's theory of discourse, developed from 1969 on. The study of Michel Pêcheux's resource to lalangue provided the opportunity to evaluate the role which Psychoanalysis plays in Discourse Analysis. The study undertaken here shows that, beyond the level of an explicit resource to psychoanalytic theory, the effects brought about by Psychoanalysis may be considered in a more fundamental level
Data de Defesa: 28-01-2011
Código: 000784368
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2011
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Nina Virgínia de Carvalho Leite
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Instituto de Estudos da Linguagem
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Linguística

Dono: ti_me
Criado: 20-04-2011 14:21
Visitas: 1673
Downloads: 170

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Gasparini, Edmundo Narracci_D.pdfDocumento PDF951 Kb(973578 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download