Consultar: Faculdade de Educação - FE

Título [PT]: Professores do ensino técnico, no Estado de São Paulo, 1990-2009 : reformas educacionais e mudanças nas condições e organização do trabalho
Autor(es): Liliane Bordignon de Souza
Palavras-chave [PT]:

Professores - Trabalho, Relações de trabalho , Educação profissional
Resumo:
O trabalho tem por objetivo compreender como, no Brasil e no estado de São Paulo, as reformas da educação profissional, nas duas últimas décadas (1990-2009), produziram mudanças no trabalho dos professores e na organização deste nível de ensino. Quais são as evidências de que estaria em curso um processo de flexibilização e precarização do trabalho de professores? Quais são as contribuições das reformas na educação profissional para este processo? Investiga-se, a partir destas questões, especificamente, as mudanças desencadeadas pelas políticas educacionais para o ensino técnico de nível médio no âmbito do estado de São Paulo, no período entre 1990 e 2009, assim como aquelas produzidas pela implementação das políticas nacionais. Em São Paulo, parte-se da transferência das escolas técnicas estaduais, em 1993, da Secretaria da Educação para o Centro de Educação Técnica e Tecnológica Paula Souza, até o atual Plano de Expansão da Educação Profissional, que nos últimos três anos aumentou em 30% o número de vagas neste nível de ensino. A hipótese levantada no início do trabalho, que o processo de flexibilização e precarização vivenciado pelos trabalhadores do setor privado, seja também vivenciado pelos trabalhadores do setor público, quando confrontada com depoimentos orais de professores e questionários sobre suas condições de trabalho no ensino técnico, indicaram um processo contraditório. A análise dos dados coletados aponta um mercado de trabalho no campo do ensino técnico, ao mesmo tempo, competitivo, estável e desprestigiado, frente às outras profissões. A escola técnica atrai profissionais com alto grau de formação a procura de maior estabilidade no emprego e possibilidades de alteração anual da jornada de trabalho. No entanto, os professores consultados afirmaram exercer outra atividade profissional além do magistério devido aos baixos salários, a possibilidade de diminuição de aulas e a desvalorização da docência no setor público Resumo: O trabalho tem por objetivo compreender como, no Brasil e no estado de São Paulo, as reformas da educação profissional, nas duas últimas décadas (1990-2009), produziram mudanças no trabalho dos professores e na organização deste nível de ensino. Quais são as evidências de que estaria em curso um processo de flexibilízação e - precarização do trabalho de professores? Quais são as contribuições das reformas na educação profissional para este processo? investiga-se, a partir destas questões, especificamente, as mudanças desencadeadas pelas políticas educacionais para o ensino tecnico de nível medio no âmbito do estado de São Paulo, no período entre 1990 e 2009, assim como aquelas preduzidas pela implementação das políticas nacionais. Em São Paulo, parte-se da transferência das escolas técnicas estaduais, em 1993, da Secretaria da Educação para o Centro de Educação Técnica e Tecnológica Paula Souza, até o atual Plano de Expansão da Educaçäo Profissional, que nos últimos três anos aumentou em 30% o número de vagas neste nível de ensino. A hípotese levantada no inicio do trabalhao, que o processo de flaxibilização a i precarização vivenciada pelos trabalhadores do setor privada, seja também vivenciada pelos trabalhadores do setor público, quando confrontada com depoimentos orais de prefessores e questienários sobre suas condições de trabalho no ensino técnico, indicaram um precesso contraditorie. A análise des dados coletados aponta um mercado de trabalho no campo de ensino tecnico, ao mesmo tempo, competitivo, estável e desprestigiado, frente às outras prefissoes. A escola tecnica atrai profissionais com alto grau de formação a procura de maior estabilidade no emprego e possibilidades de alteração anual da jornada de trabalho. No entanto, os professores consultados afirmaram exercer outra atividade profissional além do magistério devido aos baixos salários, a possibilidade de diminuição de aulas e a desvalorização da docência no setor público
Código: 000771914
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2010
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Aparecida Neri de Souza
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Educação
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)
UNICAMP:

Dono: fe_rp
Criado: 13-08-2012 17:17
Visitas: 493
Downloads: 322

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Souza_LilianeBordignonde_TCC.pdfDocumento PDF3213 Kb(3290355 bytes)2 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download