Consultar: Faculdade de Ciências Médicas - FCM

Título [Principal]: Aspectos do desenvolvimento da linguagem de um grupo de crianças com sindrome de Down em contexto terapeutico grupal
Título [Outro Idioma]: Development of language in Down syndrome children, in a group speech-therapy context
Autor(es): Adriana Braga Grandin
Palavras-chave [PT]:

Down, Sindrome de , Linguagem , Fonoaudiologia , Psicopedagogia
Palavras-chave [EN]:
Down syndrome , Language , Speech therapy , Psychopedagogy ,
Área de concentração: Saude, Interdisciplinaridade e Reabilitação
Titulação: Mestre em Saúde, Interdisciplinaridade e Reabilitação
Banca:
Cecilia Guarnieri Batista [Orientador]
Maria Cecilia Marconi Pinheiro Lima
Maria Ines Bacellar Monteiro
Resumo:
Resumo: A maioria dos trabalhos enfocando o processo de desenvolvimento da linguagem da criança com síndrome de Down é constituída por estudos comparativos que visam confrontar o desenvolvimento desta criança com o daquela que apresenta desenvolvimento típico. Nesses estudos, as dificuldades são salientadas e justificadas em função da deficiência intelectual, vista como diretamente relacionada à síndrome genética e, por estarem pautados na relação normal/patológico, acabam por enfatizar o déficit. Uma alternativa é deslocar o centro das discussões, para que, afastadas da ênfase no estigma e na patologia, as análises possam considerar a singularidade do sujeito e as condições sócio-culturais em que ele se encontra e às quais está exposto. Sendo assim, o presente trabalho teve por finalidade caracterizar aspectos do desenvolvimento da linguagem de crianças com síndrome de Down, em contexto terapêutico grupal, com foco nos exemplos de competência linguística. Foi utilizada a perspectiva histórico-cultural como referencial teórico, a qual considera o desenvolvimento como um processo constituído nas relações sociais e valoriza a análise processual, especialmente no que se refere aos momentos favoráveis à aquisição da linguagem. Cinco crianças, na faixa etária de 8 a 9 anos, foram observadas durante suas participações, em dezesseis sessões, em um projeto temático sobre alimentos, desenvolvido nos atendimentos fonoaudiológicos. As sessões foram filmadas e transcritas em ortografia regular, e selecionados recortes de episódios interativos para análise dos dados, pautada na análise da conversação e descrição dos aspectos do desenvolvimento linguístico. O projeto temático, utilizado como "estratégia de trabalho", mostrou-se relevante por favorecer o estabelecimento de relações e vivências múltiplas e significativas para as crianças, assim como viabilizar inúmeras possibilidades de linguagem, como, por exemplo, o uso de vocabulário pertinente ao contexto de ocorrência, em estruturas morfossintáticas de diferentes níveis de complexidade. Além disso, os aspectos pragmáticos, especialmente o uso de gestos (dêiticos ou representativos, como complemento à fala) e de marcadores conversacionais não-verbais e paraverbais, possibilitaram e facilitaram a compreensão das manifestações linguísticas, principalmente naquelas ocasiões em que foram observadas dificuldades semânticas e morfossintáticas durante o tópico de conversação. Desse modo, evidenciou-se a variabilidade entre as crianças quanto aos aspectos do desenvolvimento linguístico, ou seja, o desenvolvimento de cada criança é singular, não podendo ser diretamente comparável ao de outra. Os vários modos de agir dos adultos, identificados neste estudo, estiveram, algumas vezes, pontualmente relacionados a uma mudança imediata na forma de atuação das crianças. Em outros momentos, as mudanças não foram tão imediatas, mas observaram-se indicadores da influência do adulto nas ações das crianças, ocorridas em sessões subsequentes. De maneira geral, foi possível caracterizar aspectos do desenvolvimento da linguagem dos participantes, em termos de suas possibilidades de interação e comunicação

Abstract: Studies on the development of language in Down syndrome children usually consist in comparative studies between typically developing children and Down syndrome children. In those studies, difficulties are explained by the intellectual deficiency, which is directly related to the genetic syndrome. This focus on the dichotomy between the normal and the pathological has the effect of emphasizing the deficit. One suggested alternative is to shift the focus of the discussion, from the emphasis on stigma and pathology, to analyses that value the singularity of the subject and the socio-cultural conditions in which he lives. In this vein, the present study aimed at the description of aspects of language development in Down syndrome children, observed in a speech therapy group, with focus on clues of linguistic competence. It was adopted the historical-cultural perspective, which considers development as a process constituted in social relationships, and values the study of processes, specially in which refers to language acquisition. Five 8-9 years old Down syndrome children were observed during their participation in sixteen group sessions of a thematic project about food. The sessions were filmed and transcribed in regular orthography. Interactive episodes were selected for data analysis, in terms of conversation analysis and linguistic development. The thematic project allowed the establishment of new relationships and was the basis for multiple and meaningful experiences for the children. It also made possible the appearance of multiple language possibilities, e.g. the use of pertinent vocabulary, in morphosyntatic structures of different levels of complexity. Also, pragmatic aspects, specially the use of gestures (deictic or representative ones) and of nonverbal and paraverbal conversational markers allowed the understanding of linguistic manifestations, specially in the presence of semantic and morphosyntatic difficulties. It was possible to describe variability among children in different aspects of linguistic development, which were singular for each child. Most of the time, the interventions of the adults were directly related to immediate change in the children, but, in some cases, clues of this influence were only observed in subsequent sessions. The study allowed the characterization of aspects of language development in the participant children, in terms of heir possibilities of interaction and communication
Data de Defesa: 23-02-2010
Código: 000647988
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2010
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Cecilia Guarnieri Batista
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Ciências Médicas
Nível: Dissertação (mestrado profissional)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Saúde, Interdisciplinaridade e Reabilitação

Dono: admin
Criado: 22-08-2010 11:09
Visitas: 1767
Downloads: 112

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Grandin, Adriana Braga_MP.pdfDocumento PDF622 Kb(637123 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download