Consultar: Trabalho de Especialização

Título [PT]: Acidente vascular cerebral (AVC) e atividade fisica
Autor(es): Elisangela Queriqueri
Palavras-chave [PT]:

Acidentes vasculares cerebrais , Atividade física
Banca:
Prof. Dr. Edison Duarte [Orientador]
Resumo:
Resumo: O Acidente Vascular Cerebral (AVC), acomete cada vez mais pessoas no Brasil, e está aumentando sua concentração consideravelmente na população idosa. Resulta de um quadro de isquemia cerebral, estrutura altamente vascularizada, onde a interrupção do fluxo sanguíneo causa lesão de neurônios. A atividade física, aplicada às pessoas com AVC, além de propiciar a sensação de bem-estar, melhora a auto-estima, reduz os sintomas depressivos e ansiosos e traz benefícios ao seu organismo. Se praticada de forma correta e disciplinada, a atividade física reduz a gordura corporal e aumenta a massa muscular; diminui os níveis de açúcar no sangue, melhora a capacidade pulmonar, aumentando o aproveitamento do consumo de oxigênio; aumenta a vascularização sanguínea, consequentemente, o músculo cardíaco se torna mais forte; protegendo contra a formação de placas de gorduras nas artérias e auxiliando o quadro de hipertensão. O comportamento sedentário está associado ao aumento do risco de ser acometido por outro o AVC. Indivíduos com sequelas oriundas de um AVC, muitas vezes, ficam isolados das práticas regulares de atividades físicas, porém, a estimulação precoce nesses pacientes é de extrema importância. Verificaremos através de pesquisa de revisão bibliográfica, na qual encontramos 07 (sete) artigos que abordam o tema. Através destas leituras pode-se observar que a prática de atividade física favorece no restabelecimento das condutas motoras e na recuperação do quadro de AVC.

Abstract: Cerebrovascular accident (CVA), affects more people in Brazil, and is significantly increasing its concentration in the elderly. According to a table of cerebral ischemia, a highly vascularized structure, where the interruption of blood flow causes injury to neurons. Physical activity, applied to persons with stroke, in addition to providing a sense of well-being, improves self-esteem, reduces symptoms of depression and anxiety and brings benefits to your body. I f properly practiced, disciplined, physical activity reduces body fat and increase muscle mass, decreases the levels of blood sugar, improves lung capacity, increasing the utilization of oxygen consumption, increases the blood vasculature, consequently, heart muscle becomes stronger, protecting against the formation of fatty plaques in arteries and aiding the establishment of hypertension. Sedentary behavior is associated with increased risk of being affected by another stroke. Individuals with sequelas from a stroke often are isolated from regular practice of physical activities, but the early stimulation in these patients is of utmost importance. We will verify through research of literature review, which found 07 (seven) articles that address. Through these readings we can see that physical activity helps in restoration of motor behaviors and the recovery of stroke.
Data de Defesa: 2010
Código: 000615802
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2010
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Edison Duarte
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação Física
Nível: Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização)

Dono: fef_dl
Criado: 19-04-2017 10:40
Visitas: 554
Downloads: 3465

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Queriqueri_Elisangela_TCC.pdfDocumento PDF7704 Kb(7889107 bytes)4 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download