Consultar: Faculdade de Odontologia - FOP

Título [Principal]: Manejo de comportamentos em odontopediatria : analise de escolhas da criança
Título [Outro Idioma]: Behavior management in pediatric dentistry : children´s choice analysis
Autor(es): Renata Andrea Salvitti de Sa Rocha
Palavras-chave [PT]:

Odontologia , Psicologia , Processo decisorio
Palavras-chave [EN]:
Dentistry , Psychology , Decision making ,
Área de concentração: Odontopediatria
Titulação: Doutor em Odontologia
Banca:
Antonio Bento Alves de Moraes [Orientador]
Pedro Bordini Faleiros
Denis Roberto Zamignani
Cecilia Guarnieri Batista
Regina Maria Puppin Rontani
Resumo:
Resumo:O objetivo deste estudo foi analisar a participação de crianças na escolha estratégias de manejo do próprio comportamento, em tratamento odontológico, após procedimentos lúdicos prévios. Os participantes foram 17 crianças, com 5 a 6 anos de idade, e cinco cirurgiões-dentistas (CD). Foram filmadas 6 sessões de atendimento odontológico por criança, totalizando 102 sessões. Três capítulos compõem este trabalho. Participaram, no Capítulo 1, "Análise de manejo comportamental de pacientes não colaboradores em odontopediatria", duas crianças e um dentista. O Capítulo 2, "Inclusão de crianças na escolha de estratégias de manejo comportamental em odontopediatria", e teve como participantes três crianças e três dentistas. O Capítulo 3, "Children's participation in decision-making of behavior management in dental treatment", teve 12 crianças e dois dentistas. Em todos os trabalhos, realizou-se procedimentos preparatórios com apresentação de seis estratégias comportamentais: Dizer- Mostrar-Fazer, Estruturação do Tempo, Suporte emocional, Participação Ativa, Distração e Relaxamento. No Capítulo 1, utilizou-se um procedimento preparatório com atividade lúdica planejada (Simulação de atendimento odontológico com fantoche). No Capítulo 2, foram realizados Simulação de atendimento odontológico, seguida de Procedimento/Solicitação de Escolha. A criança escolhia, em cada sessão experimental, uma ou duas estratégias de manejo, a serem utilizadas no próprio atendimento. O Capítulo 3 apresenta dois grupos com procedimentos preparatórios distintos: Simulação de atendimento odontológico e Vídeo Planejado. Para ambos os grupos, estes procedimentos foram seguidos de Procedimento/Solicitação de Escolha. Os comportamentos das crianças e dos dentistas nos estudos 1 e 3 foram registrados em categorias, com base na "Observation Scale of Distress Behavior"(OSDB), por amostragem de tempo. Para o Capítulo 2, realizou-se uma mensuração por amostragem de eventos comportamentais. Em geral, os resultados evidenciaram que o dentista respondeu a comportamentos de Protesto da criança com maior frequência de respostas Interativas, Diretivas e Punitivas, do que com o uso de estratégias de manejo de comportamentos, o que pode estar relacionado a respostas de enfrentamento aprendidas pelas crianças. Houve também aumento da utilização de estratégias pelos participantes ao longo das sessões, e diminuição de Protesto. Ao longo das sessões alguns pacientes (12) passaram a aderir às rotinas odontológicas que antes evitavam. Nos estudos com procedimento de escolha (2 e 3), verificou-se que as crianças foram capazes de escolher as estratégias de manejo, e em geral, as escolhas foram atendidas pelo CD. Assim, pode-se concluir que foi possível utilizar procedimentos preparatórios para treino de comportamentos apropriados para crianças submetidas ao tratamento odontológico. Os pacientes desenvolveram novos padrões de enfrentamento, com uso de estratégias de manejo do comportamento, e passaram a participar ativamente durante as sessões, além de aceitarem rotinas odontológicas antes evitadas

Abstract: The aim of this study was to analyze children´s participation in decisions about behavior management strategies for their dental treatment, after ludic preparatory procedures. The participants were 17 children, with 5 to 6 years of age, and 5 dentists. Six dental treatment sessions, for each child, were filmed, totalizing 102 sessions. This study comprises Three Chapters. Two children and one dentist participated in Chapter 1, entitled "Behavior management analysis of non-collaborative patients in pediatric dentistry". Chapter 2, "Children's inclusion in decision-making of behavior management techniques in pediatric dentistry", and had, as participants, three children and three dentists. Chapter 3, "Children's participation in decision-making of behavior management in dental treatment" had 12 children and two dentists. In all studies, preparatory procedures were accomplished, with presentation of six behavior management techniques: Tell- Show-Do, Time Structuring, Affective Support, Active Participation, Distraction and Relaxation. In Chapter 1, the preparatory procedure was a planned pretend play (Dental treatment simulation). In Chapter 2, there was the Dental treatment simulation, followed by Asking / Decision-making procedure, in which the child could choose, in each experimental session, one or two behavior management strategies, to be used in their own dental treatment. Chapter 3 presents two groups, with distinct preparatory procedures: Dental treatment simulation and other Planned Video. In groups, these procedures followed by the Asking / decisionmaking procedure. Children´s and dentist´s behaviors in the studies 1 and 3 were registered in categories based on the "Observational Scale of Distress Behavior" (OSDB), by time sampling. For Chapter 2, a measurement was accomplished by event sampling. In general, the results showed that the dentist responded to children's Protest with Interactions, Directions and Punishment, with higher frequency than with behavior management strategies, which could be related to children's learned coping responses. There was higher use of behavior management strategies by participants along sessions, and children's Protest decrease. Some patients, along sessions (12) accepted previously avoided dental routines. In the studies with decision-making procedure (2 and 3), it could be verified that children were able to make choices about behavior management strategies, and in general, choices were attended by the dentists. Thus, it can be concluded that it was possible to utilize preparatory procedures to train appropriate behaviors to children submitted to dental treatment situations. The patients developed new coping patterns, with the use of behavior management strategies, and began to actively participate during sessions, and also accepted previously avoided dental routines
Data de Defesa: 26-02-2010
Código: 000478640
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2010
Local de Publicação: Piracicaba, SP
Orientador: Antonio Bento Alves de Moraes
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Dono: admin
Criado: 22-08-2010 11:54
Visitas: 2082
Downloads: 121

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Rocha, Renata Andrea Salvitti de Sa_D.pdfDocumento PDF994 Kb(1017923 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download