Consultar: Faculdade de Ciências Médicas - FCM

Título [Principal]: Correlação entre prostatite assintomatica com PSA elevado e cancer de prostata
Título [Outro Idioma]: Correlation between asymptomatic prostatitis with high PSA and protate cancer
Autor(es): Rafael Mamprin Stopiglia
Palavras-chave [PT]:

Prostatite , Antibioticos , Cancer de prostata
Palavras-chave [EN]:
Prostatitis , Antibiotics , Prostatic neoplasms ,
Área de concentração: Cirurgia
Titulação: Mestre em Cirurgia
Banca:
Ubirajara Ferreira [Orientador]
Lisias Nogueira Castilho
Fernandes Denardi
Resumo:
Resumo: A prostatite assintomática é definida através da detecção laboratorial do aumento de células inflamatórias em secreções uretrais ou urina após massagem da glândula prostática e também detectada em biópsias. Esta alteração inflamatória é reconhecidamente uma causa de elevação dos níveis do PSA. Devido esta elevação também estar associada ao câncer prostático, desenvolvemos um estudo para avaliar a correlação entre prostatite assintomática com a referida doença maligna. No período de janeiro de 2006 à dezembro de 2007 foram selecionados 200 pacientes com idade variando entre 50 e 75 anos e com PSA maior de 2,5ng/ml e menor de 10ng/ml, para pesquisa de prostatite inflamatória assintomática nessa população. Desses pacientes, 98 (49%) apresentaram diagnóstico de prostatite assintomática inflamatória ou tipo IV através de exames laboratoriais com o teste de Meares-Stamey modificado (1). Em seguida, foram randomizados em 2 grupos: Grupo 1 com 49 pacientes que foram tratados com cloridrato de ciprofloxacin 500mg (antibiótico) 2 vezes ao dia por 4 semanas e grupo 2 com 49 pacientes que usaram placebo da mesma forma. No seguimento, o PSA foi dosado após o tratamento e todos os pacientes foram submetidos à biópsia transrretal da próstata. Foram excluídos do estudo pacientes com idade menor de 50, maior de 75 anos, os que recusaram a biópsia, os que apresentaram PSA maior que 10ng/ml devido à maior incidência de tumor (2) e os pacientes que não aceitaram participar do estudo após a aplicação do termo de consentimento. Como resultados, no grupo 1, dos 49 pacientes que receberam antibiótico, 26 (53,06%) apresentaram diminuição do PSA e desses, 7 (26,9%) foram diagnosticados com câncer de próstata na biópsia. Dos 49 pacientes do grupo 2 que receberam placebo, 29 (59,18%) apresentaram diminuição do PSA, sendo que 9 (31%) tiveram câncer na biópsia. Não houve diferença estatística nos grupos estudados, tanto com relação a diminuição do PSA após o tratamento (53,06% X 59,18%) (p=0,10), quanto a presença de tumor nas biópsias nesses casos (26,9% X 31%) (p=0,06). Embora não demonstrada diferença estatística comparado com placebo, foi observado taxa de 26,9% de câncer de próstata na biópsia dos pacientes que apresentaram diminuição do PSA após uso de antibiótico, os quais provavelmente não seriam diagnosticados. Como conclusão a existência de câncer de próstata em pacientes com prostatite assintomática é aproximadamente um terço, mesmo após a diminuição do PSA com tratamento antibiótico

Abstract: Asymptomatic prostatitis is defined through the laboratorial detention of the increase of inflammatory cells in urethral secretions or piss after massage of the prostate gland and also detected in biopsies. This inflammatory alteration is admittedly a cause of rise of the levels of the PSA. Had this rise also to be associated to the prostate cancer, we develop a study to evaluate the correlation between asymptomatic prostatitis with the related malignant illness. In the period of January of 2006 to the December of 2007, 200 patients with age varying between 50 and 75 years and with PSA bigger of 2,5ng/ml and minor of 10ng/ml had been selected, for research of asymptomatic inflammatory prostatitis in this population. Of these patients, 98 (49%) had presented diagnosis of inflammatory asymptomatic prostatitis or type IV through laboratorial examinations with the test of modified Mears-Stamey (1). After that, they had been randomized in 2 groups: Group 1 with 49 patients who had been dealt with ciprofloxacin cloridrate 500mg (antibiotic) 2 times to the day per 4 weeks and group 2 with 49 patients who had used placebo in the same way. In the pursuing, the PSA was dosed the treatment after and all the patients had been submitted to the trans rectal biopsy of the prostate. They had been excluded from the study patient with lesser age of 50, greater of 75 years, the ones that had refused the biopsy, the ones that had presented bigger PSA that 10ng/ml due to bigger incidence of tumor (2) e the patients whom they had not accepted to after participate of the study the application of the assent term. As results, in group 1, of the 49 patients who had received antibiotic, 26 (53.06%) had presented reduction of the PSA and of these, 7 (26.9%) had been diagnosed with cancer of prostate in the biopsy. Of the 49 patients of group 2 that they had received placebo, 29 (59.18%) had presented reduction of the PSA, being that 9 (31%) had had cancer in the biopsy. It did not have difference statistics in the studied groups, as much with regard to reduction of the PSA after the treatment (53.06% X 59.18%) (p=0,10), how much the presence of tumor in the biopsies in these cases (26.9% X 31%) (p=0,06). Although not demonstrated to difference statistics compared with placebo, tax of 26,9% of cancer of prostate in the biopsy of the patients was observed who had presented reduction of the PSA after antibiotic use, which they would probably not be diagnosed. As conclusion the existence of cancer of prostate in patients with asymptomatic prostatitis is approximately one third, exactly after the reduction of the PSA with antibiotic treatment
Data de Defesa: 01-07-2009
Código: 000466923
Informações adicionais:
Idioma: Português
Data de Publicação: 2009
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Ubirajara Ferreira, Wagner Eduardo Matheus
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Ciências Médicas
Nível: Dissertação (mestrado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Cirurgia

Dono: ti_ml
Criado: 29-10-2009 16:06
Visitas: 7557
Downloads: 76

ArquivoFormatoTamanhoTempo estimado para download
Stopiglia, Rafael Mamprin.pdfDocumento PDF1016 Kb(1039972 bytes)1 minuto(s) (Velocidade de conexão de 56 kb/s)Visualizar/Download